1 evento ao vivo

Xangô e Iansã regem novo ano; veja previsão dos Orixás

7 jan 2020
08h46
  • separator
  • 0
  • comentários

Cada ano é diferente do ano que acabou. Cada ano tem sua regência e aspectos particulares e necessários para mudanças, cobranças, esperanças, perdas e ganhos. Mas, no final das contas, todos sobrevivem e prosperam.

Foto: Agência Brasil

Pela regência dos Orixás, 2019 não foi nada fácil. Ogum veio passando sua espada e cortando tudo o que não prestava, estava parado e dando trabalho (ou causando problemas). Muitos reclamam que 2019 foi dolorido.

Muitos esperam que 2020 seja mais brando e justo. Que o Orixá que reger venha mais 'paizão' e generoso. Ou mais mãezona e serena.

Bem, pelo o que tudo indica, 2020 teremos um 'paizão' sim, bem mais generoso. Só que justo ao pé da letra, forte, severo e que vem para cobrar e impor justiça. Mesmo que for à ferro e fogo.

Teimoso como uma pedreira, forte como uma rocha, a regência de 2020 será do Orixá XANGO, Senhor da Justiça.

Xangô reina na Pedreira. Logo no ano de Xangô temos momentos de cobrança, mais justiça prevalecendo, descoberta de traições, mentiras e escândalos em todos os níveis, pessoal e social. Cor que representa Xangô é o vermelho vida e energia. Ou vermelho e branco. Ou marrom e vermelho. As variam com a linha religiosa. Mas, marrom e terra e branco e paz.

Seu símbolo ou arma principal é o machado de dois gumes, chamado Oxe, conhecido como Machado de Xangô. Este machado já representa bem os aspectos de Xangô.

E por qual motivo escrevo "um dos orixás"? Porque cada ano tem mais de um Orixá regendo. Ainda não sei quais serão os outros Orixás. Mas, com certeza, Xangô não virá sozinho. Em 2020 quem rege é Iansã.

Iansã é a Orixá dos ventos e das tempestades. Iansã nos traz mais positivismo, otimismo e mexe com nossas paixões. Também traz grandes paixões. Iansã possui um espírito inquieto, instigante e aventureiro. Ama a liberdade e a verdade. É alegre e está sempre de bem com a vida. Iansã só confirma tudo que você ler abaixo do ano de Xangô.

E o que esperar de 2020 com Xangô e Iansã regendo?

Ao mesmo tempo que Xangô protege os justos, que "anda na linha" e na justiça, quem é puro de coração e os indefesos, Xangô também pode e é implacável para quem mente, não tem ética, é corrupto, engana os outros e ataca os indefesos e só planta maldade.

Alias, muitos reclamam que no ano de Xangô tudo é mais difícil ou penoso. Ué, ao invés de reclamar do Orixá que os está aplicando a Justiça Divina, por que cada pessoa não analisa o que fez, o porquê das cobranças e repensa suas atitudes e pensamentos daqui para frente.

O regente Xangô e o fogo, trovões, os vulcões, os terremotos e de todas as forças da natureza, Xangô traz muita agressividade consigo.

Agressividade que direcionado para os malfeitores, os que prejudicam o próximo e pessoas de má índole. Xangô não é agressivo com quem peca ou mente. Ele só aplica nestes casos a Lei da Justiça. Ou seja, aquilo que você planta ou faz, vai colher.

O elemento fogo rege a tecnologia, progresso, ouro e emprego. Expansão garantida. Mas, também haverá muita ambição e roubo, infelizmente. O ano de 2020 pede regência de Xangô será intenso, positivo e próspero em todas as áreas da vida.

Trabalho e dinheiro: crescimento, expansão do comércio e de negócios, novas tecnologias e descobertas, empregos surgindo. Mas, sem pressa. Crescimento médio, mas contínuo. Prosperidade e fartura.

Amor: casamentos, amores duradouros, conhecer seu amor, paixões arrebatadores, traições. Um ano intenso no amor. Cuidado com gravidez.

Social: muitas mudanças em vista. Muitos conflitos, mudança de governo e governantes, punição aos tiranos e aos corruptos.

Ficou com dúvida ou pergunta? Quer saber mais sobre o trabalho de Franco Guizzetti? Orientação Pessoal, Tarot, Feng Shui, Hipnoterapia e Coaching Holístico? Valores dos Atendimentos? Entre em contato com ele pelo e-mail: franco.guizzetti@terra.com.br.
Siga nas redes sociais e visite o canal no Youtube.

Franco Guizzetti Franco Guizzetti
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade