PUBLICIDADE

As 5 linguagens do amor: autoconhecimento para se relacionar melhor

Através do autoconhecimento é possível descobrir as linguagens do amor nas suas relações, entenda mais aqui no João Bidu

21 jun 2024 - 14h00
Compartilhar
Exibir comentários

"As cinco linguagens do amor" baseiam-se na teoria proposta pelo Doutor Ph.D Gary Chapman, que mostra como cada pessoa tem uma forma diferente de demontrar interesse, bem como diferentes preferências para receber reconhecimento e carinho. Os indivíduos têm diferentes maneiras de se expressar e se conectar. 

Qual a sua linguagem do amor?
Qual a sua linguagem do amor?
Foto: Shutterstock / João Bidu

As cinco linguagens do amor

Palavras de afirmação

Algumas pessoas precisam ouvir afirmações para se sentirem amadas. Seja no "eu te amo", no "muito obrigado" ou verbalizando o quanto aquela pessoa é especial. 

Presentes

Em segundo lugar entre as linguagens do amor: os presentes. Quem não gosta de ganhar presentes né? Mas algumas pessoas levam isso bem a sério e não se sentem amados se não tiverem um presente. É a maneira da pessoa demonstrar e sentir amor.

Tempo de qualidade

Enquanto algumas pessoas gostam de afirmações e presentes, para outras o tempo de qualidade é fundamental. Um café da manhã com atenção, uma boa conversa, paga o momento. Para essas pessoas, momentos de qualidade valem mais do que mil palavras e fazem com que se sintam especiais.

As linguagens do amor

Atos de serviço

Seja levar um café da manhã na cama ou realizar uma tarefa sem a pessoa precisar pedir. Para quem tem ato de serviço como linguagem do amor, perceber essas atitudes no dia a dia são o auge do carinho.

Contato físico

Por fim, e não menos importante, o contato físico. Existem pessoas que amam dormir grudadas, abraços e beijos o tempo todo. Só assim essas pessoas se sentem reconhecidas e amadas. Aquele tipo de pessoa que chega no lugar e faz questão de abraçar todo mundo. É uma das linguagens para demonstrar o afeto.

Linguagens do amor

Por fim, o mais importante de refletir sobre isso, é entender que as pessoas se expressam de maneiras diferentes. Entender a sua linguagem e a do outro, ajuda bastante na hora de alinhar as expectativas.

João Bidu
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade