2 eventos ao vivo

Tarot do amor: descubra qual arcano rege suas relações

Descubra tudo sobre sua forma de amar com seu arcano do tarot do amor

16 jun 2020
18h42
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Cada relacionamento tem um arcano regente - Crédito: bigjom jom/Shutterstock
Cada relacionamento tem um arcano regente - Crédito: bigjom jom/Shutterstock
Foto: João Bidu

Lidar com sentimentos e relações nem sempre é algo fácil, principalmente quando outra pessoa está envolvida. Quando o assunto é amor, relacionamento e paquera, é comum irmos atrás de áreas como a Astrologia, a Numerologia e o misticismo para descobrir respostas ocultas do coração, não é mesmo?

Por isso, o tarot do amor é uma ótima alternativa para analisar a sua vida afetiva! O jogo é bastante popular e traz diversas interpretações para você e o seu par.

Cada casal pode representar um encontro e aprendizados totalmente distintos, de acordo com a soma das datas de nascimento daqueles que estão envolvidos na relação. Afinal, todos nós temos bagagens e histórias únicas, seja de uma paixão ou de uma decepção.

Como calcular

Cada um de nós é governado por um arcano do tarot. Para isso, basta fazer a soma reduzida da sua data de nascimento. Para encontrar esse número final, você deve somar dia, mês e ano de nascimento e simplificá-lo a um único dígito e, assim, descobrir seu regente nas cartas. O significado da carta encontrada representará seu aprendizado da vida individual.

Como o tarot do amor se baseia em uma relação, dizemos que o arcano representa o casal. Portanto, deve-se adicionar a soma do seu número final ao da pessoa amada. Da soma dessas duas datas, surgirá um número que também deve ser reduzido para um único dígito, de 1 a 9.

Exemplo: Se você nasceu em 15 de setembro de 1991, some: 1 + 5 + 9 + 1 + 9 + 9 + 1 = 35. Depois, some novamente os algarismos do resultado até chegar a um número de um a nove: 3 + 5 = 8.

Repita o mesmo cálculo com a data de nascimento do seu par. Depois, some o seu resultado com o dele e reduza a um único número.

Exemplo: Se a data de nascimento do seu parceiro for 2 de maio de 1991, some: 2 + 5 + 1 + 9 + 9 + 1 = 27. Então, some 2 + 7 = 9.

Agora, some o seu resultado ao dele: 8 + 9 = 17. Faça o mesmo processo anterior: 1 + 7 = 8 - esse será o número equivalente ao arcano regente da relação, de acordo com o tarot do amor.

Descubra o seu arcano no tarot do amor

1- O Mago

O que os atrai: são atraídos pela diversão e vitalidade que sentem quando se encontram. Suas relações estão sempre sofrendo estímulos, criando e pensando em novos projetos. A confiança e a criatividade que sentem quando estão juntos os levam a se envolver em coisas novas que talvez não ousassem sozinhos. O relacionamento, geralmente, parece um mecanismo vital que ajuda a crescer intelectualmente e socialmente, a chave é que eles sabem se aceitar como seres livres e muito diferentes, além de reconhecerem suas diferenças.

O que os afasta: devem ter cuidado para não precisar destacar um do outro ou entrar em uma competição de criatividade e liderança. Propensos a entrarem em um labirinto de suspeitas e mentiras, onde um finge ser um líder "astuciosamente" e o outro se resigna a segui-lo sem questioná-lo. Devem aprender a ouvir e levar em conta o pensamento um do outro e reconhecer quando é hora de dar destaque, para que ambos olhem e ninguém decida as questões do casal de acordo com um único desejo.

2- A Papisa

O que os atrai: são atraídos pela delicada sensibilidade que percebem um no outro, sugere um elo em que o cuidado e a confiança brotam facilmente. A companhia de ambos ajuda a encontrar a calma, porque os dois lados respeitam o tempo e as necessidades de cada. Eles geralmente têm gostos e atividades semelhantes e acham fácil compartilhar espaços e decisões. Provavelmente, desde o primeiro encontro, eles se entenderam além de qualquer lógica racional, se sentiram confortáveis desde o primeiro momento. Eles sabem como compartilhar encontros relaxados e requintados.

O que os afasta: a facilidade da intuição sem mediar palavras ou explicações pode retornar ao elo excessivamente previsível e silencioso. São inquietos e mudam de rumo em projetos, ideias ou costumes inconscientemente. O relacionamento tende a tornar-se entorpecido e desorganizado, acentando a relação em uma dependência, presos em uma rotina repetitiva e chata.

3- A Imperatriz

O que os atrai: são relacionamentos com alto grau de romantismo e admiração mútua pela liberdade e criatividade com que ambos vivem suas vidas. Torna-se essencial confiar nas decisões individuais para que o outro não precise pedir perdão por suas excentricidades ou dar explicações para suas escolhas. É um elo poderoso e cheio de espaços gratificantes. A necessidade de entreter e se dar um ao outro se torna muito importante.

O que os afasta: pode se tornar um elo de muitas invejas e comparações, sempre medindo quantas conquistas profissionais ou econômicas cada um alcançou. A competitividade excessiva é o pior inimigo desse relacionamento. Devem ter muito cuidado para não fingir impor ou sujeitar o outro a caprichos pessoais e não complicar ciúmes irracionais ou possessividade e controle excessivos que apenas deteriorariam o relacionamento.

4- O Imperador

O que os atrai: são atraídos pela capacidade do outro de se comprometer e assumir responsabilidades. São relacionamentos que ajudam a crescer e amadurecer rapidamente. Compromisso e realismo tornam os dois muito mais poderosos e construtores do que jamais imaginaram. Há um antes e um depois da consolidação desse relacionamento, porque para o casal funcionar, é essencial que ambos amadureçam e se comprometam como nunca. É fácil para eles se ajustarem à vida do outro, porque compartilham maneiras semelhantes de entender e responder à realidade cotidiana.

O que os afasta: geralmente têm a sensação de que o outro sempre critica e exige um pouco mais. Para superar esse sentimento de desaprovação contínua, eles terão que trabalhar juntos, lidando com traumas do passado. Muitas vezes, a necessidade de colocar em uma caixa as expectativas do outro, sobrecarrega e desvitaliza o relacionamento. Pode se tornar um relacionamento sustentado por conveniência econômica ou por permanecer bem com a sociedade ou a família. Muitas vezes o relacionamento é polarizado e um ocupa o papel de chefe, rígido e autoritário, e o outro, o de exilado, louco, ou pouco comprometidos.

5- O Papa

O que os atrai: são atraídos por diferentes, rebeldes ou questionadores. Sugere o encontro de duas pessoas muito diferentes, provenientes de famílias com estilos, crenças ou religiões pouco compatíveis. O relacionamento propõe reorganizar e apagar o que eles pensavam da vida até então e ser encorajados a reformular seus costumes. Para o tarot do amor, o relacionamento ajuda a superar reclamações porque destaca a tendência de entrar em um jogo vicioso. O vínculo evidencia e denuncia a tendência de projetar escuridão ou poder abusivo no outro. O relacionamento os desafiam a superação, os levam a serem encorajados, mais românticos, mais ricos e mais conscientes.

O que os afasta: a grande distância da visão do mundo, a diferença em sua educação ou em suas prioridades pode complicar. Muitas vezes, é difícil aceitar e entender o olhar do outro, que é vivido como alguém muito desconfiado, intenso ou culpado. Pode haver disparidade excessiva de poder, nível social ou recursos e retornar a uma relação muito dependente, sufocante, controladora ou perigosa.

6- Os Enamorados

O que os atrai: são atraídos pela liberdade e mente aberta do outro. Nada de um relacionamento tradicional, já que precisamente o que os chama a atenção é sua capacidade de mudar e sua liberdade de pensamento. A tranquilidade os aborrece e a possibilidade de variar os estimula. Eles sabem como ser bons amigos e contam suas loucuras e contradições, porque suas excentricidades emocionais estão longe de assustá-los sinceramente e os tornam cada vez mais unidos.

O que os afasta: o estilo contraditório e mutável com o qual se relacionam pode gerar angústias recorrentes e tentativas frustradas de controlar alguns de seus membros. Eles tendem a sofrer situações ambíguas, onde é difícil esclarecer que tipo de vínculo eles querem ser, sejam amigos ou parceiros. Muitas vezes, é difícil para eles arriscarem cometer ou fazer com que alguém se sinta sujeito a desapego ou inconsistências do outro. A estabilidade e o comprometimento se tornam difíceis, e não se sabe se o casal realmente estará toda vez que precisar. Alguns podem impor excessivamente seus desejos e pressionar o outro a distorcer seu destino sem ter participado conscientemente dessa mudança de rumo que foi imposta.

7- O Carro

O que os atrai: são atraídos pelo vigor, vitalidade e capacidade de se jogar por um desejo que vêem no outro. Eles acham que nesse relacionamento será possível assumir qualquer risco. O outro, entusiasmado e alegre, cheio de coragem e projeta sua própria vida. Parece que finalmente foi encontrado um companheiro de aventura digno com quem é possível embarcar na construção de sonhos que antes pareciam impossíveis.

O que os afasta: segundo o tarot do amor, a competitividade, impaciência, agressividade e opressão mútua podem se tornar os piores inimigos desse relacionamento. Tanta vitalidade pode se tornar estressante ou ser vivida como ou demanda excessiva. O vôo pessoal da outra pessoa ameaça ser vivido como um perigo, se não for possível confiar que quanto mais cada uma se desenrola, mais atração eles sentirão. Ele sugere um aprendizado para deixar voar sem ser pego em brigas desnecessárias de egos. O relacionamento desafia o desenvolvimento de plena consciência, porque devemos estar sempre atentos para sempre priorizar o amor antes da necessidade de realização ou brilho pessoal.

8- A Justiça

O que os atrai: são atraídos pela maturidade e comprometimento que percebem no outro, pois são incentivados a se comprometerem além dos problemas ou distâncias. Pode sugerir idades ou ideologias muito diferentes que parecem difíceis de conciliar. Esse relacionamento desafia a superação de preconceitos, onde você ama quem não pensa ou escolhe o mesmo. Esta reunião só pode funcionar se todos trouxerem maturidade e bom senso, porque a aceitação e a tolerância serão a base. Ele sugere um elo importante que pode ser chamado de "cármico" e "almas gêmeas".

O que os afasta: provavelmente muitas situações geram crises e estresse, lembre-se de que duas pessoas antagônicas foram encontradas e o elo pode sofrer com essas diferenças e viver como um relacionamento que exige obrigações eternas e atrasos de seus próprios desejos. Sempre sob observação e com perguntas mútuas, onde você precisa se adaptar a tempos ou hábitos que parecem irreconciliáveis com os seus, revela o tarot do amor.

9- O Eremita

O que os atrai: a atração é baseada no sentimento de ter encontrado uma "boa alma" com quem possa compartilhar olhares compassivos e buscas profundas. O outro acalma e pacifica, ambos permitem diminuir a angústia e curar as antigas rejeições. É possível que o relacionamento seja uma jornada para compartilhar espiritualidade, compreensão e conselhos mútuos. Juntos, eles se curam e desafiam a si mesmos para superar a necessidade de serem aprovados. O vínculo revela percepções de um amor além da possessividade e do ciúme.

O que os afasta: é possível que eles tendam a se isolar e que alguns sintam solidão excessiva, adaptando-se aos requisitos do relacionamento. Pode sugerir momentos que passarão por grande aprendizado espiritual, cheios de situações inexplicáveis ou desafios que parecem injustos e sem sentido. Os testes que a vida lhes impõe, podem levá-los a se limitar ainda mais por se sentirem estranhos ou exilados de sua família ou contexto social.

Veja também:

Venezuela: os trabalhadores da saúde com salários de US$ 4 por mês e sem equipamentos de proteção
João Bidu
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade