1 evento ao vivo

Qual a influência da Lua no mapa natal em nossas emoções?

Na astrologia psicológica, a Lua rege nossos instintos, nossos sentimentos e emoções

15 set 2018
09h00
  • separator
  • comentários

A Lua, nosso satélite, sempre exerceu grande fascínio em todos nós, meros espectadores de sua dança. 

Na astrologia psicológica, a Lua rege nossos instintos, nossos sentimentos e emoções
Na astrologia psicológica, a Lua rege nossos instintos, nossos sentimentos e emoções
Foto: stock_colors / iStock

A Lua, na astrologia psicológica, rege nossos instintos, nossos sentimentos e emoções. Arquetipicamente, tem a ver com nosso lado feminino, nossa capacidade de entrega, de nutrição, nossa mãe.

A Lua tem a ver também como nosso corpo físico, nossa fisionomia. 

Se pensarmos no sentido psicológico simbolizado pela Lua, temos que voltar à época em que éramos bebês, com nossas necessidades básicas de segurança e sobrevivência. Se nossas necessidades mais primitivas não foram totalmente preenchidas, ou seja, se faltou cuidado, afeto, carinho, pertinência e acolhimento, se faltou o leite, o contato com o peito materno, o carinho quentinho da mãe, se não fomos muito bem acolhidos em nossa chegada ao mundo, desenvolvemos, no decorrer da vida, estados de ansiedade, depressão, sentimentos de baixa autoestima, autoimagem distorcida e muitos outros estados emocionalmente dolorosos.

Esses estados são resultado da certeza que carregamos, que a vida “lá fora” não é segura, que algo terrível pode nos solapar a felicidade a qualquer momento. Nosso sentido de segurança e pertencimento ficam comprometidos.

As raízes desses sentimentos estão nas antigas vivências do sentimento de insegurança e inadequação, rejeição ou abandono.

Quando precisamos recuperar nosso sentido de segurança no mundo é bom nos voltar para a Lua e a mãe Terra que existem dentro de nós, o instinto primordial, capaz de nutrir e nos manter vivos. 

Os estados emocionais que nos pertence pode ser detectado em nosso mapa natal. E isso nos fornece com detalhes que tipo de coisas nos deixam seguros ou inseguros no mundo.

Uma Lua bem ou mal aspectada nos promove a possibilidade de descobrirmos nossos mecanismos inconscientes, nossos padrões compulsivos, nossas desordens emocionais.

Veja também:

 

Fonte: Eunice Ferrari

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade