2 eventos ao vivo

Teve o mesmo sonho que outra pessoa? Confira o que isso significa!

Descubra o motivo de sonhar com a mesma coisa que outra pessoa

27 jul 2020
16h17
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Sonho compartilhado é uma conexão entre duas pessoas -
Sonho compartilhado é uma conexão entre duas pessoas -
Foto: Tirachard Kumtanom/Pexels / João Bidu

Em nossa rotina, muitas vezes, o ato de dormir e acordar é tão automático que mal conseguimos dar atenção aos nossos sonhos. Porém, muitas imagens que visualizamos durante o sono podem nos impressionar, não é mesmo?

E quando você acorda, conta o que sonhou para alguém e descobre que vocês tiveram o mesmo sonho? Ou descobre que outras pessoas estão sonhando com a mesma coisa que você? Parece impossível? Mas não é! Esse fenômeno é chamado de sonho compartilhado ou simultâneo e tem um significado específico.

Confira o que quer dizer sonhar com a mesma coisa que outra pessoa e anote as dicas especiais para sempre se lembrar dos seus sonhos após acordar. Assim, você poderá analisar melhor as imagens da sua mente e até encontrar as respostas que tanto deseja e que estão dentro do seu inconsciente.

Sonho compartilhado

Sonho compartilhado é quando duas pessoas sonham com a mesma coisa. Em geral, o sonho é composto pelos mesmos elementos visuais e também pode ocorrer em um local semelhante para as duas pessoas.

Embora ainda não haja pesquisas mais aprofundadas no assunto, sabe-se que há um vínculo entre os sonhadores. Portanto, os sonhos compartilhados são comuns entre pessoas que estão conectadas emocionalmente, acima de tudo quando passam mais tempo juntas.

Isso porque a aproximação entre os sonhadores é como uma ponte entre as duas vidas. Cada pessoa tem acesso ao outro lado e o contato é facilitado quando há muita emoção na relação delas.

Nessa questão, portanto, a intuição também é uma ferramenta que entra em ação, porque ela guia os sonhadores a verem a mensagem dos seus corações.

Então, quando tiver um sonho compartilhado, analise cada elemento visualizado e as emoções sentidas. No primeiro momento, os sonhos podem ser confusos, mas todos eles trazem uma mensagem que combina com a realidade das pessoas.

Além disso, esse tipo de sonho pode ser espontâneo ou as pessoas podem planejar, servindo, assim, como uma forma de melhorar a comunicação e aumentar a confiança mútua. Porém, para funcionar, é preciso de muito treino e de contato entre os sonhadores.

Contudo, pessoas que não se conhecem podem ter o mesmo sonho? Pode acontecer, mas as chances são mínimas.

O que pode ocorrer é uma semelhança entre os sonhos por causa de um evento real que está atingindo a vida de um grande número de pessoas, como é o caso da pandemia - é por isso, por exemplo, que houve um aumento nos casos de pesadelos durante a quarentena.

Ao analisar esses pesadelos, percebe-se que os sonhos estão relacionados com o medo de ser infectado pelo vírus, então, os pesadelos mais comuns refletem a ansiedade, a aflição e as dúvidas que estão na mente das pessoas neste momento.

Como lembrar dos sonhos

Procure criar um ritual antes de deitar para que possa relaxar e ter uma boa noite de sono. Para isso, respire profundamente e, devagar, durante dois minutos. Depois, pense e visualize coisas boas.

Mentalize a frase: "Eu vou me lembrar dos meus sonhos". Essa prática pode ajudar a programar seu cérebro lembrar, no dia seguinte, do que viu enquanto dormia.

Deixe também um papel e caneta próximos à sua cama. Assim, você conseguirá anotar o que sonhou, mesmo que seja no meio da noite.

Outra maneira de lembrar dos sonhos é, antes de dormir, pensar com calma sobre o que você deseja sonhar. Se você tiver um problema, reflita sobre a solução dele e tente procurá-la em seus sonhos.

Para facilitar a recordação, o ideal é despertar naturalmente, sem o barulho de despertador ou de outras pessoas. Então, confira se a luz natural do Sol consegue entrar no quarto e depois desligue os aparelhos que possam fazer barulhos. A luz solar será seu despertador e, aos poucos, você acordará com o amanhecer.

Veja também:

Beirute: A mãe em trabalho de parto durante a explosão
João Bidu
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade