3 eventos ao vivo

Feng Shui

Uma casa com energia negativa pode atrapalhar sua vida

fotohunter / iStock
28 ago 2017
13h32
  • separator
  • comentários

Estamos em pleno mês de agosto. Um mês que tem como tradição ser um mês de azar e pesado, que muitas pessoas não gostam. Mês “do cachorro louco”, que nenhuma noiva quer casar, época de grandes tragédias e acontecimentos nefastos. Um mês estranho. Muitos sentem o astral sufocante, um fardo pesado, uma sensação que nada vai para frente ou que tudo dá errado. Os mais sensíveis, sentem muita angústia, medo e pavor. Se sentem alienados, pois não sabem o porquê ficam assim. É agosto fazendo seus estragos. Mas, graças a Deus, ele só tem 31 dias.

Logo chega setembro, e nossa energia melhora. O astral em nossa volta fica mais leve, alegre e descontraído. E, esquecemos o desgosto do mês de agosto.

E quando essa sensação negativa ou pesada ocorre o ano todo? E quando todos os dias ficamos angustiados, tensos, deprimidos, parecendo que uma nuvem negra paira sobre nossa cabeça? Nos faz pensar que tem algo estranho no ar, ou melhor, no ambiente de nossa casa ou trabalho.

Toda essa sensação ruim, nada mais é do que energia negativa ou em desequilíbrio existente no interior do imóvel, que afeta nossa energia pessoal, emocional, mental e até a saúde física em muitos casos.

É uma “bola de neve” que não para de crescer. Ambiente negativo deixa as pessoas para baixo, que atrairá energia negativa e deixará as pessoas e o ambiente ainda mais carregado com essa vibração ruim.

E quais as origens destas energias negativas ou em desequilíbrio nos ambientes? Várias:

- Energia telúrica e pontos geopatonêgicas oriundas do subsolo.

- Energia eletromagnética de torres de alta tensão ou de celular.

- Ambientes com perturbação espiritual ou obsessores.

- Ambientes negativos por causa de brigas, conflitos e desentendimentos.

- Ambientes pesados por causa de tragédias e mortes violentas.

- Ambientes carregados com pensamentos e atos negativos.

- Ambientes muito Yin: escuros, úmidos, sujos e tristes.

- Ambientes muito Yang: som alto e luz em demasia.

- Ambientes fechados, que não tem luz natural, nem entrada de ar puro.

- Ambientes com energia Chi: acelerada, como a cama na frente da porta.

- Espelho exposto no quarto, prejudica o sono e a energia das pessoas.

- Ambientes carregados por causa de inveja, olho gordo, fofocas e mentiras.

- Banheiros que roubam a energia da casa.

Ter alguns destes problemas ou todos eles juntos num ambiente, é o mesmo que ter um “monstro” que afeta a sua energia e pensamentos todos os dias.

As soluções podem ser as mais simples, como sempre explicamos nas análises semanais de Feng Shui por aqui, por exemplo:

- Manter a porta do banheiro fechada e fazer as curas para melhorar sua energia;

- Tirar o espelho do quarto e cama da frente da porta;

- Fazer limpezas energéticas na casa;

- Descobrir os pontos telúricos e aplicar curas de radiestesia para ondas eletromagnéticas;

- Equilibrar o ambiente eliminando o excesso de Yin ou Yang;

- Buscar orientação para resolver os casos espirituais;

- Buscar conhecimento ou um profissional de energias para estudar os problemas e dar as curas corretas.

Seja qual for a forma das soluções, elas existem. Cabe a cada um ir atrás dela e aplicá-las o mais urgente possível.

Mas, se preferir, pode ficar “chorando” que nada dá certo em sua vida.

Mostrei algumas causas. Busque agora as soluções. Mexa-se!

Ficou com dúvida? Quer saber mais sobre o trabalho de Franco Guizzetti? Orientação Pessoal, Feng Shui, Terapia de Desbloqueio e Coaching Holístico? Valores dos trabalhos? Entre em contato com ele: clique aqui .

Siga nas Redes Sociais: https://www.facebook.com/franco.guizzetti.9

Veja também

Sensitiva faz previsões para famosos e dá dicas para 2017
Franco Guizzetti Franco Guizzetti

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade