0

Oração para se livrar da energia negativa de antepassados

Pode ser um peso quando há uma vibração ruim que acompanha pais, tios e avós

26 jan 2021
09h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Sim, é nossa família. Nosso sangue. Graças a eles estamos aqui hoje. Você tem orgulho de ter os sobrenomes do seu pai e de sua mãe? Com certeza a maioria dos leitores respondeu 'sim'.

Oração é uma forma de acalmar a energia negativa de antepassados
Oração é uma forma de acalmar a energia negativa de antepassados
Foto: Pixabay

O que poucos sabem é que estes sobrenomes de nossos pais, avós e antepassados são carregados de uma energia e força que podem ser muito positivas, quando trazem boas vibrações para seus descendentes, ou seja, você e seus filhos.
 
Mas há o lado negativo desta energia de antepassados. Pode ser um peso em nossas vidas atuais e nos descendentes quando há uma energia negativa que acompanha algum antepassado ou alguma ramificação da família; a vibração negativa pode passar para as próximas gerações.
 
Temos que ter orgulho de nossas raízes. Temos que honrar nossas origens. Respeitar nossos antepassados e reverenciar nossa família. Mas não podemos e não devemos carregar o peso de coisas que nossos antepassados fizeram, falaram, pactuaram, viveram e pensaram em seu tempo, para nossa vida atual. E o pior é que nem sempre sabemos o que foi feito, falado ou compactuado por eles.
 
Só que há casos e casos. Se seu avô foi um grande médico, isso não significa que você tenha que ser um médico hoje. Agora, se você decidir ser médico, será porque quis e será tão bom quanto seu avô. Sem peso ou comparação. E se seguir outra profissão, siga sem culpa. Se você tem um antepassado que foi um grande ladrão e sua família ficou marcada por isto, não tem que carregar este fardo e nem tem culpa pelo seu antepassado. Se seu bisavô era pobre, só trabalhava como "camelô" e nunca adquiriu nada de bens materiais na vida e este padrão se repetiu com seus avós e pais, isto não significa que você tenha que repeti-lo.                                                                                                                          
 
Você tem livre arbítrio para escolher seu caminho e negar este padrão da sua família, na sua vida atual. Basta querer e trabalhar para mudar a vibração e negar esta "herança maldita". Não é fácil, mas acredite que é possível. Muitas vezes as pessoas não conseguem alcançar um grande amor, um padrão de vida confortável ou não decolam na vida, sem explicação plausível por mais que tentem. Talvez a causa seja esta "heranç
 ;a maldita" que acompanha a família há gerações.
 
Como se quebra esta energia negativa ou maldição?
 

Negando que ela pode te afetar. Todos os dias reze para seus antepassados agradecendo por eles terem te gerado e cortando e negando qualquer influência negativa.
 
Mande rezar missas mensais para seus antepassados e os perdoe, mas negue qualquer influência negativa. Mentalize “que esta influência negativa não é minha e não me atinge”.
 
Para ajudar a quebrar este padrão dos antepassados e a "herança maldita", descobri a oração abaixo que deve ser feita diariamente para mudança de vibração. Aos críticos de plantão, aviso que não estou falando para negar seus antepassados ou país.
 
Muito pelo contrário, pois como diz o quarto mandamento devemos "honrar pai e mãe". Estou recomendando a negar o lado negativo e o peso dos antepassados que atrapalha nossas vidas.

Oração para cortar laços do passado
 
Em nome de Jesus Cristo, na intercessão da Sempre Virgem Maria, aquela que esmagou a cabeça da serpente, e de São Miguel Arcanjo, príncipe dos Exércitos Celestes, na autoridade do meu santo Batismo, eu agora renuncio, quebro, desfaço, rompo e desligo a mim e a meus familiares de toda herança má e negativa, seja ela física, espiritual ou psíquica, recebida dos meus ancestrais.
 
Eu me desvencilhar e desligo os membros da minha geração e os meus antepassados de toda prisão demoníaca, dependência, cativeiro, grilhão, amarra e cadeia, em nível de doenças físicas ou mentais, emoções negativas, relacionamentos e empreendimentos mal sucedidos, amorais ou imorais, bem como de acidentes e vícios. Perdão e misericórdia, Senhor! Eu rompo com malefícios, contaminações, maldições e pragas, lançados sobre mim e minha linha de família, como resultado de nossos pecados, transgressões e iniquidades ou envolvimento com obras das trevas: ocultismo, esoterismo, seitas, falsos cultos, filosofias orientais, práticas reencarnacionistas, satanismo, bruxaria, magias e rituais macabros.
 
Eu peço perdão, renuncio e me desligo, bem corno os meus familiares, dos pecados de roubo, cobiça e avareza; da murmuração, blasfêmia e sacrilégio; da ganância e do materialismo; do enriquecimento ilícito e de todas as formas de injustiça; dos pecados de adultério e fornicação; da impureza e libertinagem; dos pecados de assassinato e aborto; da falta de caridade para com o próximo e omissão; do desprezo e caçoadas para com as minorias; da perseguição grave; Igreja de Deus, às obras de Deus e aos seus servos; da inveja, ciúmes e discórdias; da traição infidelidades; da falta de perdão e desejo de vingança; da embriaguez e uso de drogas; da gula, sensualidade e vício do jogo; do afã desordenado do poder, prazer e possuir; do engano, da difamação e da calúnia. Cura, Jesus, todas as feridas abertas em minha árvore genealógica, cicatrizando-as com o óleo do teu Santo Espírito.
 
Cura toda escravidão espiritual, emocional, mental e afetiva em minha família. Cura toda doença física presente em minha árvore genealógica. Cura toda tendência ao suicídio, ao alcoolismo, aos abortos, ao divórcio, à pedofilia, à exploração sexual, à prostituição, ao roubo, ao crime, à depressão, ao câncer e à diabete; cura toda inclinação à miséria, à pobreza, à incapacidade de realização, o profissional e afetiva.
 
De hoje em diante, eu, toda minha família e a minha casa reconhecemos Jesus como Rei e Senhor e nos prostramos perante o seu único e eterno senhorio. Amém. Aleluia.

 

Veja também:

Previsões dos signos: Amor em tempos de pandemia
Franco Guizzetti Franco Guizzetti
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade