PUBLICIDADE

Feng Shui: a casa é espelho que reflete como está nossa vida

21 jun 2013 16h29
| atualizado às 16h29
ver comentários
Publicidade
Foto: Getty Images

Há uma passagem na bíblia que diz: “diga-me com quem andas e te direi quem tu és!”. Para um bom observador é muito fácil saber quem uma pessoa é ou como ela está, analisando seu rosto, modo de falar, andar e até o estado dos ambientes de sua casa ou trabalho.

Do mesmo modo que o nosso corpo "fala” como somos ou estamos, nossa residência mostra como uma pessoa está ou o astral de uma família. Ou mostra traços desta informação. E por quê? Porque cada pessoa gera o astral que a sua casa tem. 

Se numa casa vive uma pessoa sozinha, solitária e fechada, com certeza sua casa irá transmitir esta energia e informação. Muito provavelmente a casa não terá fotos expostas de amigos ou família. Se tiver fotos, serão do morador sozinho e/ou fotos muito antigas. Imagens em quadros serão de pessoas solitárias. Nunca acompanhados de ninguém. Em geral, pessoas tristes ou sérias. Em geral, são ambientes práticos, com cores neutras e tudo arrumado.

Mas também poderemos encontrar uma casa cujos ambientes são um bagunça sem igual. Roupas espalhadas pelos cômodos, sapatos jogados na entrada da casa, roupa para lavar jogada num balde da lavanderia, pratos e talheres acumulando da pia para serem lavados. Um monte de livros, revistas e caixas empilhados num canto da sala. Se alguém se perder na casa bagunçada, terá que chamar o resgate para salvá-la. É claro que esta bagunça e puro reflexo da mente e vida dos moradores. 

Não venha me dizer que a casa é culpada por estar bagunçada. Casa sozinha não se destrói ou fica bagunçada. São os moradores que são "terroristas" que destróem um patrimônio. Em geral estas pessoas são briguentas e arrumam sempre confusão.

Tem aquelas casas que são escuras, tristes, sem plantas, flores, animais e cores. Não há espelhos ou fotos. Parece que não há energia ou vida. Com certeza os moradores são tristes, depressivos e têm muita angústia. Sua alma sofre por algo e a expressão desta dor está estampada na decoração dos ambientes.

Pessoas que têm conflitos, medos, pavor ou angústias profundas irão por quadros de destruição, morte, guerras e violência nos ambientes. Para nós será chocante esta cena. Para eles, pura arte.

Quando analisamos um lar e seus moradores, iremos notar diferentes personalidades convivendo debaixo do mesmo teto. A casa de uma família normal será tranquila, harmoniosa e feliz. Esta será a mensagem que iremos detectar analisando os ambientes.

Mas quando entramos no quarto de cada morador iremos ver como os ambientes são muito diferentes. Cada pessoa tem a sua energia, que irá aparecer no ambiente que mais fica de uma forma clara ou não.

Se deseja saber como você está ou como uma pessoa está, basta olhar, analisar e sentir sua casa e os ambientes. Uma casa nada mais é que um espelho do estado da alma da pessoa.
Não quero dizer que todas as casas e que os moradores tenham problemas graves. 
Muito pelo contrário. A maioria das pessoas está de bem com a vida e suas casas são equilibradas, dentro de uma normalidade.

Para saber se você está bem, olhe para sua casa ou tire fotos dos ambientes para descobrir problemas. E se tiver não se preocupe. Tem cura. Basta consertar você.  

Ficou com dúvida? Quer saber mais sobre o trabalho de Franco Guizzetti ou entrar em contato com ele, clique aqui.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade