9 eventos ao vivo

Esotérico

A relação afetiva acabou? Não sofra e ore para desapegar!

martin-dm / iStock
3 ago 2017
10h00
  • separator
  • comentários

Não é fácil quando esse fato ocorre na vida de uma pessoa. Vai doer com certeza. Muitas vezes a dor é grande na mente, no corpo, na alma e no coração principalmente.

Num dos episódios da famosa série Dr. House , o personagem filosofou uma grande verdade sobre o fim de uma relação amorosa: “todo relacionamento que não acaba com separação, acaba em morte. Tudo desmorona no final.”

Recebo muitos clientes na Terapia de Desbloqueio Quântico que não suportam essas separações e fecham-se para novos amores ao ponto de nenhum outro amor aparecer ou durar muito.

O que começo a falar para o cliente é que ele precisa aceitar o fim da relação. Vai doer, sim, mas tem de aceitar mentalmente e emocionalmente que a relação afetiva acabou. Só assim a vida segue e novos amores parecerão, segundo seu merecimento, claro.

Não há momento pior na vida de uma pessoa do que quando o relacionamento acaba por seu parceiro pedir a separação. São mil pensamentos e sentimentos que correm na mente da pessoa. A maioria é tentando descobrir em que errou ou o que deu errado para a relação falhar.

Depois que passa a primeira fase da separação, cada pessoa deve começar a juntar os cacos e pensar como seguirá sua vida daquele momento para frente em busca da felicidade.

E o mais importante é dar chance ao coração para encontrar um novo amor. Não será de uma hora para outra, mas deve ocorrer normalmente.

Antes de começar a buscar um novo amor, devemos por um fim na antiga relação. A escritora Martha Medeiros uma vez escreveu que “despedir-se de um amor é despedir-se de si mesmo. É o arremate de uma história que terminou, externamente, sem nossa concordância, mas que precisa também sair de dentro da gente.”

Precisamos aprender a ficar sozinhos, com nossos pensamentos. Roberto Shinyashiki fala que “aprender a estar só é uma necessidade que o individuo tem para criar um relacionamento saudável consigo mesmo. É saber apreciar a própria companhia, não ter medo de acompanhar o seu íntimo, entrar em contato com a sua natureza, caminhar por um jardim, sentir os pés amassando a área da praia a medida que anda.”

E, por fim, devemos orar e agradecer pela relação que terminou. Agora, se você não aceitar nada disso, ficará por aí sofrendo só.

Oração para o Fim da Relação

Querido Deus, hoje eu peço força para me desapegar. Sei que esta experiência já cumpriu seu papel em minha vida. Agora é tempo de seguir em frente, mas estou com medo. Por isso peço: dei-me forças para me desapegar.

Hoje, eu peço coragem para seguir adiante. Sei que não há mais nada que eu possa dar, nada que eu possa receber se continuar onde estou. Sei que seu objetivo divino já foi alcançado e que algo maior me aguarda mais à frente. Mas, nesse momento, estou dominada pela dor, que me impede de sair do lugar. Por isso eu peço: dê-me forças e coragem para caminhar.

Hoje, peço sabedoria para perdoar. Estou sentindo muita raiva, muita vergonha e muita culpa. Tenho me esforçado o tanto para entender o que fiz, o que deveria ter feito e ter parado de fazer há muito tempo. Sei que se pudesse perdoar a mim e todas as pessoas envolvidas, conseguiria superar toda essa raiva e mágoa. Mas, neste momento, estou furiosa. Sei que é esse rancor que está me paralisando e fazendo com que eu me sinta perdida. Eu peço forças, coragem e sabedoria para me perdoar, pois só assim serei capaz de perdoar os outros.

Hoje, eu peço compreensão. Estou tentando entender, mas a verdade é que não consigo. Estou tentando enxergar qual é o sentido de tudo isso que está acontecendo, a fim de não sentir tanto ódio e medo. Se por algum motivo ainda não é O momento de compreender, por favor, meu Deus, alivie a minha dor.

Hoje eu peço a humildade da aceitação. Confesso que não estou gostando nada dessa situação. Apesar de não entender por que isso tudo está acontecendo, estou disposta a me submeter. Estou disposta a aceitar essa experiência - só que, neste momento, meu impulso ainda é resistir. Por isso eu peço: dê-me humildade para que eu seja capaz de aceitar.

Hoje, eu peço paz. Suplico por paz! Neste momento, rogo que a presença consoladora da paz supere o medo e a raiva que ameaçam me consumir. Sei que, com paz, minhas forças e minha coragem aumentarão e eu conseguirei me encontrar em meio a toda esta perda. Eu me abro agora para receber e experimentar a paz em meio a tempestade. Desejo que a paz acalme a minha alma. Agora, recebo, abraço e acolho a presença da paz na minha mente, no meu coração e no meu espírito.

Hoje, fico de pé fortalecida, avanço com coragem, ajo com sabedoria, abro-me para a compreensão divina, aceito com humildade todos os meus pensamentos e sentimentos e experimento a presença crescente da paz.

Por tudo isso e muito mais, dou eternas graças.

Assim seja!

Ficou com dúvida? Quer saber mais sobre o trabalho de Franco Guizzetti? Orientação Pessoal, Feng Shui, Terapia de Desbloqueio e Coaching Holístico? Valores dos trabalhos? Entrar em contato com ele: clique aqui.

Siga nas Redes Sociais: https://www.facebook.com/franco.guizzetti.9

Veja também

Sensitiva faz previsões para famosos e dá dicas para 2017
Fonte: Especial para Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade