PUBLICIDADE

Dia de Oxumarê: o senhor dos ciclos

Oxumarê vem para diluir e desfazer o que não está positivo em nossa vida

23 ago 2021 18h08
ver comentários
Publicidade
Oxumarê vem para diluir e desfazer o que não está positivo em nossa vida -
Oxumarê vem para diluir e desfazer o que não está positivo em nossa vida -
Foto: Foto de Shutterstock. / João Bidu

Oxumarê é o Orixá que  caminha entre o céu e a terra como  arco-íris,  trazendo a abundância,  a fartura  e a  cura para os desequilíbrios do amor e as mudanças de ciclos para seus devotos e filhos.

Oxumarê vem para diluir e desfazer o que não está positivo em nossa vida, trazendo a cor e a força da energia vital,  já que ele atua finalizando ciclos e  renovando as próximas fases. Ele é o senhor que acaba com ciclos dolorosos, trazendo a alegria e o recomeço em nossas vidas.    

Oxumarê faz parte do trono masculino do amor na Umbanda, tendo sincretismo com São Bartolomeu, e sua data comemorativa é o dia 24 de agosto.

Oxumarê renova a nossa criatividade  para conseguirmos fazer as melhores escolhas na vida. Ele também traz transformações em negócios, no  lado  afetivo e ainda restaura o emocional, diluindo padrões negativos de crenças limitantes .

Os filhos de Oxumarê sempre estão mudando de casa, renovando amizades, finalizando ciclos, fazendo essas modificações com grande facilidade, não tendo  medos de mudanças em hipótese alguma. Isso porque naturalmente tem a coragem para fazer as transformações necessárias em sua vida, sempre com grande inteligência e cautela, agindo pacientemente nos momentos certos.

Conheça as ervas de Oxumarê:

Ervas quentes para diluir, desfazer ou limpar: angica, buchinha do norte, dandá, espinheira santa, orégano, urucum, valeriana.

Ervas mornas para colorir, renovar, rejuvenescer: graviola, artemísia, guaco, maracujá, insulina, periquito, guaraná.

Ervas frias para restaurar, abrilhantar: marcuama, dente de leão, bálsamo. 

Verbos atuantes: restaurar, abrilhantar.

No dia 24 de agosto você pode fazer um banho com essas ervas e pedir as bênçãos desse Orixá tão poderoso, pedindo para você e também para que ele feche ciclos dolorosos na terra, pois Oxumarê  pode trazer a renovação de nossos dias!

Texto: Mary Archangel, taróloga, terapeuta e psicoterapeuta tântrica, especialista em feminilidade

João Bidu
Publicidade
Publicidade