1 evento ao vivo

Astrologia

Como fica nosso dinheiro com Saturno e Júpiter retrógrados?

da-kuk / iStock
10 abr 2018
08h00
  • separator
  • comentários

Desde o dia 11 de março, Júpiter começou seu movimento retrógrado em Escorpião. Todos sabemos que Júpiter é generoso, cheio de alegria e bondade, que traz prazer e benesses à vida de todos nós aqui na Terra. Ele abre portas e traz oportunidades no trabalho, amor e, especialmente, nas finanças, pois torna tudo mais fácil, algumas coisas caem mesmo do céu em alguns trânsitos de Júpiter.

Existem astrólogos que acreditam que a função de Júpiter é amplificar tudo o que toca. Apesar de acreditar nisso e, sim, Júpiter aumenta tudo o que toca, acredito que ele seja uma espécie de “dedo de Deus” quando toca nossos mapas natais. Acredito que, mesmo um aspecto tenso de Júpiter não faz muito estrago.

Já é o que não acontece com Saturno, um planeta mais difícil que, mesmo em aspectos mais fáceis, exige a responsabilidade e o trabalho diligente.

Um Júpiter retrógrado pode sim, trazer de volta projetos que não deram certo no passado e que, hoje, possuem maior possibilidade de firmarem e ganharem forma. Pode trazer de volta amores, dependendo o setor que toca no mapa de cada um. Mas pode, também, atrasar as realizações pessoais e profissionais. Um dinheiro que não havia meio de sair, como em uma herança, venda de um imóvel ou qualquer outro bem ou dívida, pode sair com Júpiter retrógrado.

No dia 21, é a vez de Saturno começar seu movimento retrógrado e ele retrógrado costuma ser um pouco mais complicado. Sim, ele pode atrasar pagamentos, dívidas negociadas que não conseguem ser pagas, projetos e contratos assinados, que não são cumpridos seus prazos e o dinheiro pode, sim, faltar em uma ocasião ou outra. Saturno é um deus pesado, mesmo quanto precisa ser leve. Mesmo quando traz benesses aos seus filhos, é quase como um “toma lá, dá cá”. Se você não agir de maneira ética e correta, pode mesmo ser punido por esse exigente mestre.

Os signos que podem beneficiar-se materialmente com a retrogradação de Júpiter são:

Áries nas associações e parcerias financeiras que não foram possíveis no passado e agora podem ter mais uma chance.

Gêmeos nos projetos antigos de trabalho que podem retornar.

Sagitário no planejamento e revisão de projetos que foram engavetados e agora podem ser reavaliados.

Já a retrogradação de Saturno, pode trazer maior necessidade de planejamento financeiro para os seguintes signos:

Gêmeos, especialmente se estiverem envolvidos com empréstimos de grandes instituições e sociedades financeiras.

Sagitário, que deve manter os gastos sob controle e incrementar as negociações e possibilitar novos negócios ou trazer de volta negócios antigos.

Capricórnio que hoje abriga Marte, Saturno e Plutão possibilitando grandes negociações, mas que certamente não se firmarão da noite para o dia. Podem contar com alguns atrasos e frustrações.

Se seu signo ou ascendente for um desses, procure precaver-se o máximo que puder, ser minucioso e em caso de novos negócios, tenha um bom advogado ao seu lado, antes de dar qualquer passo em sua vida material e financeira.

Fonte: Eunice Ferrari

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade