2 eventos ao vivo

Viva melhor com o auxílio das 7 ervas para ansiedade

Confira quais são as melhores ervas para diminuir os sintomas de ansiedade

20 jun 2020
12h08
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Algumas espécies de ervas contém propriedades calmantes - Crédito: Asya Vlasova/Pexels
Algumas espécies de ervas contém propriedades calmantes - Crédito: Asya Vlasova/Pexels
Foto: João Bidu

Você com certeza já sentiu uma inquietação ou desconforto físico e/ou mental graças a alguma situação do futuro, seja ela real ou hipotética, próxima ou distante do seu presente, certo? Essas sensações podem ser totalmente naturais.

Porém, você já passou noites em claro porque os pensamentos agitados eram mais intensos que seu sono? Ou sentiu a respiração mais densa e rápida, a ponto de até faltar o ar? Esses são alguns dos sintomas do transtorno de ansiedade - problema que afeta milhões de pessoas no Brasil e no mundo.

Ainda que seja importante e indispensável ter o auxílio de um profissional especializado, como um psicólogo e até mesmo um psiquiatra em casos mais severos, saiba que é possível diminuir esses efeitos com ajuda da Mãe Natureza. Isso porque os plantas podem ser verdadeiros remédios naturais para alguns problemas psicológicos ou físicos, tal como a ansiedade.

Então, conheça algumas das melhores ervas para ansiedade, capazes de amenizar o impacto das preocupações na mente e, consequentemente, proporcionar mais relaxamento e bem-estar para o corpo.

Ervas para ansiedade

Valeriana

Também chamada de erva-de-gato, suas propriedades medicinais são ótimas para proporcionar o relaxamento do corpo e da mente. Suas flores são muito usadas na medicina popular graças a seu efeito natural tranquilizador. Por isso, também, ela pode ajudar a melhorar a qualidade do sono, a reduzir as dores menstruais e até regular a pressão arterial.

Contudo, consuma, no máximo, três xícaras de chá de valeriana por dia.

Passiflora

Conhecida por ser a flor do maracujá, existem diversos tipos de passiflora, como a incarnata, edulis, alata e quadrangulares. Essa erva é uma opção natural de medicamento para ansiedade com poucos efeitos colaterais. Ela ajuda a promover um humor mais equilibrado e combate o estresse e a insônia.

É eficaz para auxiliar o tratamento de Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) e, por conter fitonutrientes e antioxidantes, age na diminuição de inflamações no organismo.

Erva-de-São-Jorge

Fonte de vários nutrientes, como os flavonoides, essa erva tem o poder de estimular o bom humor. Pode reduzir a produção de adrenalina e, assim, os nervos e a agitação da mente são aliviados.

Sua utilização pode ser feita por meio do óleo essencial da erva em massagens circulares pelo corpo. Outra maneira de aproveitar os benefícios da erva-de-São-Jorge é pela Aromaterapia, colocando três gotinhas do óleo essencial em um aromatizador de ambiente.

Manjericão

Famoso por fazer parte das "sete ervas de proteção" por causa do seu grande poder místico contra as energias e os pensamentos negativos, poucas pessoas sabem que o manjericão também ajuda a acalmar os nervos e diminuir a ansiedade.

Por ter propriedades digestivas, o ideal é ingerir o chá de manjericão após as refeições, principalmente quando consumir alimentos pesados. Essa erva proporciona o descanso do corpo e uma longa sensação de tranquilidade, paz e bem-estar.

Erva-cidreira

Entre as ervas para ansiedade, uma de maior destaque é a erva-cidreira - fonte de nutrientes e substâncias sedativas. Sua ação calmante auxilia no tratamento da insônia, enquanto ajuda na diminuição do estresse. Na Aromaterapia, seu óleo essencial contribui para reduzir o fluxo dos pensamentos agitados e desgastantes do dia a dia.

Outro benefício que dá destaque para a erva-cidreira é seu efeito benéfico nos sistemas vitais do corpo, como o imunológico. Assim, a defesa natural do organismo é fortalecida porque os nutrietes são melhor absorvidos graças ao efeito da erva.

Lúpulo

Sua utilização é principalmente feita na fabricação de cervejas, porém essa planta pode ser usada como remédio natural para ansiedade, já que produz efeito relaxante e sedativo.

Além de resolver esse problema, o lúpulo é eficaz contra diarreias e tosses emocionais, motivadas por desiquilíbrios no campo mental. Para combater a insônia, a erva pode ser colocada dentro do travesseiro.

Atenção: O lúpulo não pode ser consumido por gestantes, pessoas com depressão, diabetes, insufiencia renal ou com problemas no fígado.

Kava-Kava

Entre seus benefícios está sua atuação como analgésico, sedativo, antidepressivo  e relaxante. Portanto, suas propriedades podem ajudar no tratamento de alguns distúrbios como a ansiedade, a insônia e até a síndrome do pânico. Seu efeito relaxante age nos músculos e, assim, colabora com a redução de dores de cabeça e musculares, na agitação e no cansaço excessivo.

Mesmo com todas essas qualidades, é preciso tomar cuidado com o consumo da Kava-kava, pois altas dosagens prejudicam a saúde do fígado. Dessa forma, antes de ingerir por conta própria, consulte um especialista ou médico e atente-se para que a dose não ultrapasse 120 mg por dia.

Veja também:

De andador, veterano de guerra de 99 anos arrecada milhões para saúde pública britânica
João Bidu
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade