2 eventos ao vivo

Horóscopo: o que os astros reservam para o mês de maio

1 mai 2020
00h01
atualizado em 4/5/2020 às 12h35
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O mês começa influenciado pela Lua Crescente em Leão, que chega em tenso aspecto com Urano e Mercúrio em Touro, marcando um período de continuidade em projetos que tiveram início há alguns dias ou semanas atrás. O período traz agitação e aumento da ansiedade a todos e, em tempos de coronavírus, essa não é a melhor saída. Leão é um signo de arte e criatividade, portanto, buscar saídas relacionadas à música, ao desenho, à pintura, escultura, à dança ou à qualquer atividade artística, pode trazer o equilíbrio desejado.

Vênus em Marte continuam em ótimo aspecto entre si, promovendo uma dança gostosa entre masculino e feminino, facilitando relacionamentos e trazendo possibilidades de novas amizades, mesmo que nas redes sociais. Há equilíbrio, apesar de todos os pesares.

Foto: iStock

No dia 07, a Lua entra na fase Cheia em Escorpião, que chega em tenso aspecto com Marte em Aquário e Mercúrio em Touro. As emoções podem estar bastante afloradas nesse período, pois, além da Lua estar na fase Cheia, que faz por si só, nossas emoções aflorarem, ela chega tensa com Marte, nosso conhecido deus da guerra, nos deixando ainda mais à flor da pele. O autocontrole é fundamental neste período, já que todos estamos em meio a uma situação limite. A prática de exercícios pode ajudar, assim como a meditação, para o encontro com maior equilíbrio emocional.

Maio é um mês em que alguns planetas começam o movimento retrógrado: Plutão no dia 06, Vênus e Saturno no dia 14 e Júpiter no dia 16. Planetas retrógrados promovem atrasos e alguns problemas na vida pessoal e coletiva, mas também possibilitam a retomada de alguns projetos, revisões e reavaliações, além da conclusão de situações inacabadas, não concluídas.

No dia 11, Mercúrio começa sua caminhada através de Gêmeos, recebe um ótimo aspecto de Saturno em Aquário e um tenso aspecto de Marte em Peixes, marcando um período que começa com maior assertividade e agitação mental, que pode levar à ansiedade e à agressividade. No entanto, em poucos dias, a mente continua agitada, estaremos ainda um pouco ansiosos, mas muito menos agressivos. Os estudos, as negociações, os acordos e comércio ganham força com a entrada de Vênus em Gêmeos.

No dia 13, Marte deixa Aquário e começa a caminhar através de Peixes, nos deixando mais compassivos, menos individualistas e agressivos. As ações em nome da humanidade tornam-se mais eficazes, portanto, podemos esperar por um passo à frente na descoberta de um remédio eficaz ao coronavírus; as pesquisas ganham força e os resultados podem ser bastante eficientes, apesar da retrogradação de muitos planetas.

No dia 20, o Sol deixa o signo de Touro e começa sua caminhada através de Gêmeos, recebe um ótimo aspecto de Saturno em Aquário e as relações sociais tornam-se mais sérias e comprometidas. A leveza de Gêmeos, é influenciada pelo peso de Saturno, mostrando a todos a necessidade de comprometer-se uns com os outros. Estaremos todos mais sérios, mas dinâmicos, agitados e com uma necessidade imensa de movimento. Os processos mentais e intelectuais ganham força e energia e os estudos e os relacionamentos são altamente beneficiados.

No dia 22, a Lua começa um novo ciclo, entra na fase Nova em Gêmeos, chega em ótimo aspecto com Saturno marcando um período de melhora da comunicação e aumento do sentido de responsabilidade nos relacionamentos. Estaremos todos mais comprometidos com o aprofundamento do conhecimento e nossa maneira de nos responsabilizarmos. A seriedade se estende aos estudos e podemos todos passar por um momento de comprometimento com o aprendizado.

No dia 28, Mercúrio deixa Gêmeos e começa sua caminhada através de Câncer, chega livre de pressão e todos nos tornamos mais afetivos e acolhedores, especialmente nas palavras. Estaremos todos mais conectados à família e voltados para nossa vida doméstica e íntima. A sensibilidade aumenta, assim como a empatia.
 

 

Veja também:

Tender recheado de Natal
Fonte: Eunice Ferrari
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade