PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Feijoada de Ogum: aprenda os detalhes desta tradição

Este prato tipicamente brasileiro serve como oferenda ao Orixá. Conheça a tradição da Feijoada de Ogum

18 abr 2024 - 12h00
Compartilhar
Exibir comentários

O feijão é uma comida indispensável nos pratos brasileiros. Um de seus preparos mais populares é a feijoada, receita que o feijão com carnes salgadas e defumadas de porco, embutidos e temperos, estando presente em almoços cotidianos ou celebrações. Dentro dos terreiros de candomblé, o prato é consagrado ao Orixá Ogum, também conhecido por São Jorge, no sincretismo católico. Por isso, hoje falamos mais sobre a tradição da Feijoada de Ogum.

Prepare a receita no Dia de Ogum
Prepare a receita no Dia de Ogum
Foto: Shuttestock / João Bidu

Feijoada de Ogum

A Feijoada de Ogum é uma tradição afro-baiana. Tanto este grão quanto o Orixá são representantes da agricultura, da força do ferro, da saúde e da renovação. Desse modo, a tradição de oferecer o prato ao orixá guerreiro foi passada através da história oral, e hoje, a feijoada é um ritual sagrado em  dia de casa cheia nos terreiros. De modo geral, a Feijoada de Ogum é preparada às quartas-feiras e no Dia de Ogum, 23 de Abril.

História da tradição

A tradição da Feijoada de Ogum fica a cargo do babalorixá Procópio de Ogunjá. Segunda a história, um filho de Santo foi até ao terreiro e Procópio não lhe ofereceu comida. Após este grave erro, Ogum diz a Procópio que ele deveria dar uma feijoada completa, e oferecer todos os anos aos seus filhos de santo e visitantes.

Receita da Feijoada

Antes de mais nada, o preparo da Feijoada de Ogum é o mesmo da feijoada tradicional que você já é acostumada a fazer. Feijão preto, carnes de porco, carnes defumadas, linguiça e outros ingredientes de sua escolha. Contudo, é importante realizar rezas dedicadas a Ogum durante o preparo, assim pedindo conectando-se e pedindo bênçãos ao Orixá. Por fim, a feijoada pode ter arroz e farinha de mandioca como acompanhamento. Além do próprio consumo, você ainda deve dividir com a família ou pessoas próximas.

João Bidu
Compartilhar
Publicidade
Publicidade