PUBLICIDADE

Dia de São Roque: conheça a história e a oração do santo protetor

Hoje, 16 de Agosto, celebra-se o Dia de São Roque. Pois é, nascido em Montpellier, atual França, em 1295, o santo era de família nobre. Além disso, seu nascimento resultou-se de muita devoção à Nossa Senhora. Afinal, Libéria, mãe de Roque e já em idade avançada, era devota de Nossa Senhora e dedicava suas orações […]

16 ago 2023 - 10h45
(atualizado às 18h01)
Compartilhar
Exibir comentários

Hoje, 16 de Agosto, celebra-se o Dia de São Roque. Pois é, nascido em Montpellier, atual França, em 1295, o santo era de família nobre. Além disso, seu nascimento resultou-se de muita devoção à Nossa Senhora. Afinal, Libéria, mãe de Roque e já em idade avançada, era devota de Nossa Senhora e dedicava suas orações à graça de ter um filho. Por isso, em gratidão às bênçãos da Santa, Libéria dedicou-se à educação de Roque, desse modo, ensinando a devoção da Virgem Santíssima.

O santo ajudou a população europeia durante a peste. Hoje, no Dia de São Roque, conheça a história do peregrino! -
O santo ajudou a população europeia durante a peste. Hoje, no Dia de São Roque, conheça a história do peregrino! -
Foto: Shutterstock / João Bidu

História de São Roque

Roque ficou órfão dos pais ainda na adolescência, assim herdando uma grande fortuna. No entanto, todas as lições cristãs aprendidas durante sua criação, o santo escolheu viver na pobreza, seguindo os passos de Cristo, de tal forma que seu desejo era repartir os bens entre os pobres. Seu desejo não se realizou devido a pouca idade, assim confiou tido a um tio e foi para Roma, se tornando um peregrino que assistia aos doentes durante a peste na Europa.

Foi com esses atos que Roque ganhou a fama de santidade. São Roque peregrinou por toda a Itália setentrional, onde encontrou um vasto campo de ação junto aos doentes incuráveis. Certo dia, São Roque notou que também estava contaminado com a peste. Sua decisão foi se refugiar em um bosque. Sozinho, o santo foi amparado por Deus. Encontrado por um cachorro, o animal levava alimento todos os dias ao doente. Por isso, representa-se São Roque com um cachorro ou como um peregrino usando capa, chapéu, botas e, às vezes, segurando um cajado. Como protetor dos cães, mostra-se ele com o cachorro lambendo suas feridas.

Consagração do Dia de São Roque

No Concílio de Constance, a praga ainda ameaçava a população. Os dirigentes pediram a proteção e a intercessão de São Roque e a praga acabou. Assim, sua canonização e seu culto aprovaram-se rapidamente. As relíquias de São Roque foram levadas para Veneza. Ele é reverenciado e invocado na França e na Itália como protetor contra doenças e pragas.

O culto foi reconhecido pelo papa Gregória XIII, consagrando 16 de Agosto como Dia de São Roque. As relíquias do santo são encontradas na Veneza, Itália, sendo considerado o santo Protetor contra as Pestes. No Brasil, na cidade de São Roque, interior de São Paulo, encontra-se a principal Igreja consagrada ao Santo.

Oração a São Roque

"São Roque, que vos dedicastes com todo o amor aos doentes contagiados pela peste, embora também a tenhais contraído, daí-nos paciência no sofrimento e na dor. São Roque, protegei não só a mim, mas também aos meus irmãos e irmãs, livrando-nos das doenças infecciosas. Por isso, hoje, rezo especialmente por uma pessoa muito querida (dizer o nome da pessoa), para que fique livre do seu mal. Enquanto eu estiver em condições de me dedicar aos meus irmãos, proponho-me ajuda-los em suas reais necessidades, aliviando um pouco o seu sofrimento.  São Roque, abençoai os médicos, fortalecei os enfermeiros e atendentes dos hospitais e defendei a todos da doenças e dos perigos. Amém."

João Bidu
Compartilhar
Publicidade
Publicidade