0

Dia de São Januário: o milagre da liquefação do sangue

Saiba a história de São Januário e o milagre associado ao santo

19 set 2020
09h31
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Confira tudo sobre São Januário -
Confira tudo sobre São Januário -
Foto: Reprodução/Wikimedia Commons / João Bidu

Celebrado em 19 de setembro, São Januário foi um homem que tornou-se Bispo de Benevento, uma região da Itália, ainda quando era jovem. Isso foi possível graças à sua personalidade bondosa e a grande fé que carregava no coração.

Infelizmente, essa mesma fé foi motivo para o santo ser perseguido pelo Império Romano que, no ano de 304, conseguiu prender São Januário e outras pessoas que seguiam a fé cristã. Para punir os fiéis, o imperador romano Diocleciano ordenou que eles fossem jogados em uma arena, na cidade de Pozzuoli, que estava repleta de leões. Todos que assistiam a cena na arena esperavam que os cristãos fossem mortos pelos animais famintos, porém, o primeiro milagre que leva o nome do santo aconteceu.

Em vez dos leões atacarem as pessoas, eles ficaram dóceis e lamberam os pés de São Januário, da mesma forma que ocorreu com o profeta Daniel, que também foi jogado aos leões. O público ficou assustado com a situação e muitos que estavam na platéia se converteram após testemunharem o milagre de Deus.

O imperador Diocleciano, então, ordenou que os fiéis, bem como São Januário, fossem decapitados, no ano de 305. Entre o público que assistia a decapitação, alguns cristãos coletaram o sangue de São Januário em uma ampola e o esconderam como uma relíquia sagrada. Já o corpo do santo foi sepultado na Catedral da cidade de Nápoles, na Itália.

No Dia de São Januário, 19 de setembro, a Catedral exibe a ampola que está o sangue do santo. Então, o maior milagre acerca de São Januário é concretizado; a liquefação do sangue, que antes estava em estado sólido, ocorre durante a cerimônia de exaltação ao santo.  

A ciência verificou que o líquido que está na ampola de fato é sangue humano, todavia, os pesquisadores não conseguem explicar o motivo da liquefação, uma vez que quando o sangue fica sólido não é possível retornar ao estado natural. O sangue não apenas torna-se líquido, mas a coloração e o peso também se modificam. Por essas razões, os fiéis acreditam que a liquefação do sangue é uma prova do poder de São Januário e, principalmente, da presença de Deus.

Além disso, quando o sangue não torna-se líquido é sinal de que haverá alguma desgraça. Assim, as pessoas intensificam as orações para alcançarem proteção. São Januário é invocado para combater as pestes e as erupções do vulcão Vesúvio, localizado na cidade de Nápoles.

Oração para receber sinais divinos

"Ó Deus, Pai de Bondade, São Januário derramou o seu sangue em nome de Jesus. Animados por seu testemunho, vivamos hoje atentos aos sinais de vossas maravilhas no mundo e em nossos corações. São Januário, rogai por nós. Amém".

Veja também:

Venezuela: os trabalhadores da saúde com salários de US$ 4 por mês e sem equipamentos de proteção
João Bidu
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade