PUBLICIDADE

Os signos mais apegados do zodíaco

O grande segredo não é descobrir SE somos apegados, mas sim QUAL a nossa forma de apego

6 jun 2024 - 16h45
(atualizado às 17h47)
Compartilhar
Exibir comentários
signos mais apegados
signos mais apegados
Foto: Pexels / Personare

Nosso Mapa Astral pode revelar nuances profundas sobre como amamos e nos conectamos com os outros. Ao entender os signos mais apegados do Zodíaco, podemos compreender melhor nossas reações emocionais e superar as dores de amor que todos enfrentamos em algum momento da vida. 

No caso do apego, é um padrão definido na infância, influenciado pela forma como nossos pais e cuidadores respondiam às nossas necessidades. Esse modelo interação inicial afeta profundamente nossas expectativas e comportamentos em relacionamentos futuros.

Portanto, seja usando a Astrologia ou não, o autoconhecimento é a base de todas as relações saudáveis. Mergulhar em quem somos e como chegamos até o que somos é fundamental.

No caso da Astrologia, compreender o Mapa Astral (faça o seu gratuito aqui!) pode ser uma ferramenta valiosa para entender a si, identificar padrões de comportamento e reconhecer predisposições emocionais.

O apego na Astrologia

Todos os signos são apegados à sua própria maneira. Até mesmo os signos de elemento Ar, conhecidos como os mais desapegados, têm, sim, sua forma de se relacionar que envolve algum tipo de apego. E o grande segredo é esse: não é SE somos apegados, mas sim QUAL a nossa forma de apego.

Para simplificar e tornar a compreensão mais fácil, relacionamos o conceito de apego na Astrologia com os Elementos — terra, água, ar e fogo

Como cada elemento confere características gerais aos diferentes grupos de signos (cada elemento engloba três signos), podemos entender como ele molda as maneiras pelas quais as pessoas se aproximam e lidam com a intimidade e a separação nos relacionamentos. 

Mas para você entender se você está entre os signos mais apegados, é claro que o elemento do seu signo solar, do seu signo lunar e do seu ascendente falarão muito sobre você. Mas, ao contrário à crença popular, eles não determinam o placar do jogo.

Na verdade, é a predominância de elementos no seu Mapa que você deve considerar. Cada planeta ocupa um signo, logo um elemento está pontuado. Assim, é possível calcular o elemento predominante num mapa (acúmulo) e também qual elemento é carente na carta (bloqueio).

Entender essas predominâncias e a falta de elementos pode nos ajudar a ajustar nossas expectativas e a melhorar a maneira como nos relacionamos com os outros.

Como saber o elemento predominante no seu Mapa Astral?

Você não precisa fazer cálculos, não. O Mapa Astral do Personare faz isso por você de graça! Basta acessar o seu Mapa Astral aqui e preencher seus dados. Então, após gerar o mapa, vá até o terceiro capítulo — Seu temperamento: Elementos.

Então, você vai ver quais elementos você tem acúmulo, e quais tem bloqueios. A predominância do seu mapa se refere aos acúmulo de elementos.

Por exemplo, a pessoa que tem o mapa abaixo tem acúmulo de fogo e ar, portanto, na ordem, ela tem predominância de fogo e, em segundo, de ar. Ela pode ler, a seguir, a explicação para esses dois elementos para entender os tipos de apego que possui.

Foto: Personare

Os signos mais apegados do Zodíaco

Se você logo pensou que os signos de Terra são os mais apegados, se enganou. Embora eles tenham essa fama, os signos de Água podem ser muito mais carentes e apegados. Então, a seguir, entenda melhor o apego de cada elemento.

Signos de Água: Câncer, Escorpião e Peixes

A forma de apego dos signos de Água é instável e flutuante. Embora eles sejam bastante apegados, eles oscilam entre a necessidade extrema de estar com alguém e a necessidade extrema de ter a sua liberdade — o que pode, para os nativos com predominância do elemento Terra, gerar alguma confusão. 

Signos de Água são profundamente emocionais e intuitivos, e formam laços emocionais que podem ser profundos e intensos, mas se serão duradouros ou não, depende do resto do mapa. 

O mais importante a considerar em sua forma de apego é que eles possuem uma forte necessidade de fusão e conexão emocional, o que pode ser atraente para alguns e assustador para outros. 

Pessoas com acúmulo de Água tendem a ser muito carentes e carinhosos, mas sua natureza os leva a estados de flutuação. Se as emoções flutuam, por que eles não flutuariam?

Signos de Terra: Touro, Virgem e Capricórnio

Os signos de Terra buscam estabilidade e segurança em seus relacionamentos. Embora não sejam tão intensos emocionalmente quanto os signos de Água, são consistentemente presentes e valorizam a constância. 

Precisam de segurança e estabilidade física e emocional. Por isso, possuem uma forma de apego segura, que forma laços emocionais profundos e duradouros. Além disso, seu amor e seu apego tende a crescer com o tempo. 

Pessoas com acúmulo de Terra precisam da presença física e do contato, e sua linguagem do amor inclui tudo que envolva o toque e o cuidado. 

E dificilmente te darão motivos para se sentir inseguro quanto ao amor deles, mas também não responderão bem a relacionamentos que não lhes ofereça segurança.

Signos de Fogo: Áries, Leão e Sagitário

Os signos de Fogo são passionais e intensos, mas precisam de liberdade para se expressar, assim como para circular e para mudar de ideia. Por isso, não fazem o tipo apegados.

Na verdade, precisam de uma pessoa literalmente parceira, ou seja, que os acompanhe em suas visões grandiosas para o presente e para o futuro. Quando encontram isso, eles se mantém apaixonados. 

Seu amor pode ou não ser duradouro. E seu apego, quando ocorre, costuma incluir sentimentos mais intensos, de ciúmes e posse. Não pela necessidade de controle, mas porque infundem muita paixão em tudo que fazem.

Signos de Ar: Gêmeos, Libra e Aquário

Os signos de Ar são, em tese, os menos apegados do zodíaco. Dos 3 (Gêmeos, Libra e Aquário), Libra é mais "apegado" (e, ainda assim, note as aspas). 

Por serem muito autônomos e prezarem muito pelo próprio espaço, eles são os que consideramos os menos apegados, os mais "fechados em si".

Mas a verdade é que eles se vinculam de outra forma: para as pessoas com acúmulo de Ar, a troca, a comunicação e o intelecto são fundamentais. 

É importante notar, no entanto, que o "não-apego" também é uma forma de apego. Mais sobre isso você aprende no curso Astrologia para Superar as Dores de Amor. 

O apego na Astrologia

Ao usar a Astrologia como uma ferramenta para explorar os tipos de apego, não estamos apenas buscando maneiras de melhorar nossos relacionamentos interpessoais, mas também de aumentar nossa própria felicidade. 

Não é apenas sobre ser menos infeliz, mas sobre como você pode ser um pouco mais feliz. Isso permite superar as dores de amor ao entender as raízes de nossos comportamentos e ao ajustar nossas interações.

Tudo isso com base em uma compreensão mais profunda de quem realmente somos e como melhor interagimos com aqueles ao nosso redor.

Portanto, ao mergulhar nos mistérios do mapa astral e nos ensinamentos dos elementos, abrimos portas para uma jornada transformadora de autoconhecimento e cura emocional, fundamental para construir relacionamentos mais sólidos e satisfatórios.

O post Os signos mais apegados do Zodíaco apareceu primeiro em Personare.

Marcia Fervienza (info@marciafervienza.com)

- Astróloga e terapeuta há mais de 20 anos. Associa sua experiência com aconselhamentos analíticos ao trabalho com Astrologia para facilitar o autoconhecimento, o empoderamento e a transformação pessoal.

Personare
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade