PUBLICIDADE

Não podem ver dinheiro: conheça os signos mais gastões 

Alguns signos têm mais dificuldade para economizar; veja a análise de Eunice Ferrari, astróloga do Terra

27 jul 2022 - 05h00
(atualizado em 10/8/2022 às 15h19)
Ver comentários
Publicidade
Conheça os signos do zodíaco que são mais gastões 
Conheça os signos do zodíaco que são mais gastões
Foto: Reprodução/ Tenor

O dinheiro continua sendo o motor que faz mover a vida neste planeta, apesar de Urano e Plutão estarem trabalhando duramente para que isso, em algum dia, mude. Não é todo mundo que tem o dom de saber lidar com ele e tem mesmo, algumas pessoas que fazem questão de priorizar o prazer à segurança. Os signos de ar são campeões nessa arte. Para eles, primeiro vem o prazer da liberdade, depois o resto.  

O campeão de gastos desnecessários, certamente, é Sagitário. Um signo ligado às aventuras da vida, quando tudo está muito estável, faz alguma bobagem pra desestabilizar e poder correr atrás de mais um objetivo, normalmente uma nova viagem com um novo curso de yoga e meditação num templo Tailandês. 

O segundo é Gêmeos, seu signo irmão, que, mesmo que tente manter as contas equilibradas, em algum momento vai perder o controle e chutar tudo pro alto. Controlar as finanças pra mantê-las em equilíbrio, demanda muito esforço para um signo tão leve quanto Gêmeos.

Librianos vêm em seguida. Normalmente estão endividados com roupas, acessórios, jóias, tratamentos de beleza e por aí vai! Não existe chance de não colocar o prazer e a beleza em segundo plano. Gastam mesmo e não costumam se arrepender. Nada é mais prazeroso que se olhar no espelho e gostar do que vê.

Aquário, mais um signo de ar, simplesmente odeia ter que lidar com dinheiro. Para eles, a vida é imensa demais para algo tão pequeno como pagar contas e pensar em dinheiro, por favor, que coisa tão pequena! Se puderem, vão deixar essa função pra uma pessoa de terra, que são perfeitos para lidar com dinheiro. 

Peixes é o único signo de água que não faz nenhuma questão de controlar seu dinheiro. Pelo contrário, sentem uma tremenda dificuldade de encarar o sistema que rege o mundo. Prefere sentir a vida e, se para isso, precisar torrar tudo o que tem, vai fazer como se não houvesse amanhã.

Fonte: Eunice Ferrari
Publicidade
Publicidade