0

Chegou a hora de dizer adeus ao passado

Como dizem, o antigo normal ficou no passado e agora todos somos desafiados a encontrar novos caminhos, dentro e fora de nós

7 jan 2021
09h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Depois de um ano difícil, todos estamos esperando por algo realmente bom que nos aconteça. Inegavelmente, começamos um período importante de mudanças sociais, em que o novo se impõe, impedindo qualquer volta ao passado. Como dizem, o antigo normal ficou no passado e agora todos somos desafiados a encontrar novos caminhos, dentro e fora de nós.

2021 será regido pelo número nove, que trará para todos nós a necessidade de terminar ciclos e enterrar o que é velho e sem sentido em nossas vidas
2021 será regido pelo número nove, que trará para todos nós a necessidade de terminar ciclos e enterrar o que é velho e sem sentido em nossas vidas
Foto: Andrii Yalanskyi/iStock

As mudanças são inegáveis, são evidentes e, mesmo depois de todos vacinados, que é o que a maioria de nós mais anseia, ainda viveremos períodos de adaptação a uma nova realidade. O que passou, passou e de nada adianta negar esse fato; não existe mais caminho de volta.

Júpiter e Saturno em Aquário, durante todo ano receberá a pressão do inovador e revolucionário Urano, que está em Touro, impedindo que a antiga normalidade se imponha. Velhos valores e maneiras de viver serão substituídos por inovadoras maneiras de enxergar a vida e se relacionar com ela. Podemos esperar por algumas convulsões e embates entre o velho e o novo, dentro de nós e em toda sociedade.

Aquário é um signo que rege o coletivo mais que o pessoal, mas todos temos Aquário em um setor do nosso mapa individual e é, especialmente esse setor, que será mobilizado durante este e os próximos anos. Podemos esperar por mudanças radicais no setor e abertura para novas maneiras de expressar os assuntos relacionados ao setor em que Aquário toca em seu mapa.

Os jovens terão mais voz, assim como aqueles que estiverem sintonizados com uma nova era que começa a desenhar-se com mais nitidez. Urano em Touro traz inovações à agricultura e a cada dia, o vegetarianismo e o veganismo ganharão espaços. A cada ano, as diferenças serão mais aceitas, o egocentrismo, característica de uma era que está no fim, abre espaços para um olhar mais compassivo e igualitário.

Este pode ser um ano importantíssimo nesse processo e vamos lembrar que a partir de 20 de março, o ano começa a ser regido por Vênus, o planeta do amor e dos relacionamentos, portanto, podemos contar com lições relacionadas a esse tema. Com Júpiter e Saturno em Aquário, certamente, expandiremos nosso olhar, não somente para o outro, mas para os outros, para um nível mais elevado de relacionamentos, pessoais e sociais.

Quem insistir em tentar permanecer na velha forma, pode gerar mais sofrimento; de nada vai adiantar resistir às mudanças, isso só gererá mais tensão e mal estar.

Passamos por um momento de renovação e como Urano é imprevisível, certamente enfrentaremos situações inesperadas e imprevistas. Precisaremos ser corajosos e estarmos abertos às mudanças vindouras, que podem apontar para um caminho muito novo e inesperado. Mas é claro, aqui não falo em catástrofes, apesar de serem possíveis em alguns pontos do planeta. Falo de uma coragem, que nem todos temos, de deixar a vida seguir seu caminho, sem tentarmos controlar ou interferir; simplesmente deixar que as mudanças aconteçam, que nossos corações aceitem as mudanças necessárias para que todos nós encontremos uma maneira de viver com mais sabedoria, na construção de um verdadeiro equilíbrio e felicidade.

A passagem pode ser difícil; nunca é fácil mudar, a mudança sempre carrega um certo pânico, um medo muito grande do desconhecido e pode gerar ansiedade. Aqui, mais uma vez, peço que cada um de vocês, faça da meditação um hábito, pois ela pode acalmar não só nossos corações, como nossas almas.

Janeiro será um mês que dará o tom do ano todo, pois é a partir do dia 06, com a entrada de Marte em Touro, unido a Urano que alguns imprevistos e situações inovadoras, tanto no nível pessoal quanto coletivo começam a desencadear as mudanças, que vão nos apontar novos caminhos, que consequentemente, vão nos conduzir para um novo tempo.

Depois de Marte entrar em Touro, é a vez de Mercúrio entrar em Aquário e, até meados de janeiro, ele se une a Júpiter e Saturno e recebe a tensão de Marte e Urano. Nesse período, podemos receber algumas notícias bombásticas, tanto na vida pessoal quanto na social e política e que, certamente, terá um impacto tão grande que vai ressoar por alguns bons meses.

Vivemos durante três anos com Capricórnio no centro do palco, assim como Áries, Libra e Câncer. Agora chegou a vez de Aquário ganhar o palco, assim como Leão, Touro e Escorpião. Quatro planetas fixos, que não gostam muito de mexer em estruturas já construídas.

Meu conselho sempre, é mantermos as bases de estruturas já construídas e introduzirmos o novo a elas. 

Veja também:

Fernanda Keulla revela cuidados caseiros para os cabelos
Fonte: Eunice Ferrari
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade