0

Astrologia: o que o céu do mês mostra para julho

1 jul 2019
09h00
  • separator
  • 0
  • comentários

Julho promete ser um mês bastante intenso, desde seu início com acontecimentos marcantes e que se estendem por alguns meses. Mercúrio entra em retrogradação e três eclipses são os acontecimentos que marcam este mês, que pode ser conturbado para alguns e reservar boas surpresas para outros. Os efeitos de um eclipse costumam começar a ser sentidos alguns dias e, em alguns casos, algumas semanas antes do acontecimento. Portanto, possivelmente, desde o fim de Junho algumas pessoas já começaram a sentir, pelo menos, as direções que as mudanças começam a acontecer.

Astrologia: o que o céu do mês mostra para julho
Astrologia: o que o céu do mês mostra para julho
Foto: iStock

No dia 02, a Lua começa um novo ciclo, entra na fase Nova por volta das 15h40' aos 10 graus do signo de Câncer e ainda recebe, mas de maneira mais leve, um tenso aspecto de Saturno, que vai dar o tom desta lunação e a identidade dos acontecimentos que virão pela frente, pelo menos nos próximos seis meses, pois ela vem acompanhada de um eclipse. Todos sentiremos a força das mudanças vindas desse eclipse, mas especialmente pessoas que possuem Sol, ascendente ou qualquer planeta em Câncer, Capricórnio, Áries e Libra perto dos 10 graus. 

No mesmo dia 02, Marte deixa Câncer e começa sua caminhada através de Leão e, imediatamente recebe um tenso aspecto de Urano em Touro prometendo ainda mais mudanças e, desta vez repentinas e inesperadas. Ele se une a Mercúrio, que já está em Leão desde os últimos dias de Junho. Os nervos vão estar à flor da pele e devemos tomar cuidados redobrados com a impulsividade, especialmente com as palavras, que além de escaparem do nosso controle, podem sair carregadas de agressividade e excesso de sinceridade.

Entre o dia 02 e 03, a Lua se une a essa tensa energia em Leão e as coisas só pioram, pois nossas emoções podem estar totalmente sem controle. Melhor meditarmos muito, para evitarmos rompimentos desnecessários. Vamos lembrar que essa energia intensa acontece em meio ao primeiro eclipse e podem ser elas as detonadoras de mudanças. O melhor que temos a fazer, é parar para refletir antes de falarmos bobagens.

No dia 03, Vênus deixa Gêmeos e entra no signo de Câncer, recebe um ótimo aspecto de Urano em Touro e promete movimentar de maneira positiva os relacionamentos de todos os tipos, tanto os pessoais, quanto os profissionais. Vênus em Câncer nos torna mais afetivos e acolhedores, pelo menos nas primeiras semanas, antes de começarem a receber a tensão de Saturno e Plutão em Capricórnio, que acontece em torno do dia 15. Entre os dias 10 e 11, ela toca o ponto em que aconteceu o eclipse, portanto, pode haver algumas mudanças nos relacionamentos. 

No dia 08, Mercúrio, unido a Marte e aos 4 graus de Leão, começa seu movimento retrógrado marcando o início de um período de confusões e mal entendidos, atrasos e entraves em nossas rotinas. No dia 19, ele retorna a Câncer, se une ao Sol e começa a receber um tenso aspecto de Plutão em Capricórnio, causando certa opressão e alguns sentimentos mais intensos e profundos. A comunicação também se torna intensa e você deve tomar cuidados redobrados com a agressividade e destrutividade nas palavras. Use essa energia para escrever e dedicar-se aos estudos. 

No dia 16, as energias ficam ainda mais densas e desta vez, vamos sentir a força do segundo eclipse, desta vez de Lua Cheia, que acontece aos 24 graus de Capricórnio e por volta das 19h30'. Desta vez ele chega bem impactado pela força de Plutão e levemente de Saturno e, portanto, promete mudanças importantes e duradouras na vida de todos nós, mas especialmente em pessoas que possuem Sol, ascendente ou qualquer outro ponto ou planeta aos 24 graus desses signos. As mudanças já começam a acontecer e se estendem pelos próximos seis meses. 

No dia 22, o Sol deixa Câncer e começa sua caminhada anual através de Leão, marcando o início de um novo ciclo. Deixamos para trás um ciclo de interiorização e introspecção, carregado de pressão e tensão e começamos outro com mais alegria, vida social ativa e até mesmo de certo alívio. Vamos lembrar que as influências dos eclipses continuam e, sempre que um planeta passar pelo ponto em que ele ocorreu, algumas situações são desencadeadas. 

No dia 27, Vênus deixa Câncer e começa a caminhar através de Leão, se une ao Sol no mesmo signo e damos mais um passo na direção do alívio e das alegrias. Sol e Vênus unidos em Leão prometem boas novidades no amor e nas relações, especialmente as afetivas que chegam carregadas de paixão e envolvimentos mais profundos.

Mercúrio continua retrógrado até início de Agosto, portanto, Julho promete ser um mês bastante trabalhoso, cheio de mudanças importantes e com alguns altos e baixos. O melhor mesmo é procurarmos nos centrar em nós mesmos, meditarmos para encontrar um ponto de equilíbrio e paz, diante de situações que, em sua maioria, não vamos conseguir controlar.

Veja também:

 

Fonte: Eunice Ferrari
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade