3 eventos ao vivo

A importância de resgatar a coragem e o poder pessoal

Quando perdemos nosso poder pessoal, nos colocamos em posições de impotência, de menos valia

31 jan 2019
09h00
  • separator
  • comentários

Existe um estudo que diz que uma pessoa comum perde a concentração a cada 6 a 10 segundos por minuto. No entanto há uma boa notícia: nosso cérebro é plástico, podemos modelá-lo como modelamos o barro. A capacidade de se concentrar pode ser desenvolvida por qualquer pessoa, desde que se proponha a reservar um tempo de dedicação ao aprendizado.

Tenha coragem de fazer algo diferente. Mude conscientemente.
Tenha coragem de fazer algo diferente. Mude conscientemente.
Foto: iStock

Sem o desenvolvimento da concentração, não conseguimos obter o foco necessário para a criação do que quer que seja. Mas é imprescindível saber o que queremos, em seguida colocar nossa intenção e focar em algo objetivo. 

Nossa mente, bem como todo o Universo, está estruturada em camadas, da mais superficial à mais profunda. Quando usamos nossa mente no nível superficial do pensamento, nosso poder é pequeno, limitado. No entanto, se aprendermos a nos aprofundar, se entrarmos em contato com seu nível mais profundo, ou seja, o nível da consciência, ganhamos o poder de maior controle sobre nossas vidas.

Quando perdemos nosso poder pessoal, nos colocamos em posições de impotência, de menos valia. Isso acontece quando não acreditamos em nós mesmos, quando nos acostumamos a entregar nosso poder pessoal a outros, parentes, instituições, pessoas. O que você precisa é construir um novo hábito, o de acreditar em seu próprio poder, mudando padrões de pensamentos e sentimentos. Somente dessa maneira vai conseguir mudar sua vida.

Você deve fazer essa mudança com consciência e controle sobre emoções negativas que, muitas vezes sem perceber, nutre e direciona contra si mesmo.

Todos nós possuímos um grande inimigo, o medo. O medo e a fé são sentimentos opostos, pois o medo só existe na falta da fé. A fé é uma força poderosa, que nos permite sobreviver neste mundo de dificuldades e necessidade de conquistas. Ela nos empurra para frente, nos dá entusiasmo e confiança, esperanças e vontade de continuar. A partir dela adquirimos a capacidade de construir, refletir, de planejar um novo futuro. Sem ela não somos capazes de crer que temos o poder de construir uma nova vida, repleta de paz e segurança.

Se não nos determinarmos a trazer essa energia e certeza para dentro de nós, abrimos um espaço perigoso, fortalecemos o medo, a dúvida se instala e fechamos nossos corações para a vida.

A construção de uma vida mais eficaz e equilibrada deve ser uma meta e você pode fazer essa escolha conscientemente. Para isso, você não pode dispersar-se com coisas pequenas, acontecimentos sem peso real, que você nem vai se lembrar daqui alguns meses. Não permita que problemas passageiros derrubem sua energia e contaminem sua rotina. 

Você já parou para pensar que não temos nenhuma garantia nesta vida, com relação a nada? Que a segurança que buscamos não passa de ilusão, que precisamos aprender a viver o momento presente, o agora com intensidade e esperança? Que nossa vida pode acabar de um momento para outro? E o que estamos fazendo dela? 

Tenha coragem de fazer algo diferente, faça algo que surpreenda quem ama, uma palavra, um abraço, um olhar carregado de ternura. Fale de amor com quem ama, sem medos. Surpreenda. Uma atitude diferente pode transformar toda dinâmica de um relacionamento, de um dia, de uma situação difícil. Mude conscientemente.

Veja também:

Mulher que perdeu braços e pernas supera barreiras e entra andando em igreja para o próprio casamento

 

Fonte: Eunice Ferrari

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade