PUBLICIDADE

Pão de Santo Antônio: conheça a tradição para ter fartura

A tradição é feita na Igreja Católica às terças-feiras. A redação João Bidu te conta a história do Pão de Santo Antônio

10 jun 2024 - 13h00
Compartilhar
Exibir comentários

As missas em Igrejas de ordem franciscana possuem a tradição semanal de abençoar os pães às terças-feira e distribuí-los ao povo. Atualmente, a devoção popular do Pão de Santo Antônio consiste em pãezinhos colocados em saquinhos de farinha e abençoados com a fé de que nunca lhes faltará o que comer.

Tradição importante dos devotos de Santo Antônio
Tradição importante dos devotos de Santo Antônio
Foto: Shutterstock / João Bidu

Surgimento da tradição do Pão de Santo Antônio

A tradição do pão de Santo Antônio é inspirada nas práticas do próprio santo. Protetor dos pobres, ele alimentava os doentes e necessitados com os pães do convento onde morava. Além disso, aqueles que foram alimentados com o pão de Santo Antônio pelas mãos do próprio, alegavam ficar curados ao comê-los.

A tradição também conta que certa vez o santo havia dado os pães do convento aos pobres e na hora de servir aos confrades não tinham pães suficientes. No entanto, ao irem em direção de Santo Antônio, ele disse para verificarem novamente o cesto, e tamanha foi a surpresa dos confrades, que o cesto antes vazio, agora de maneira milagrosa, transbordava de pães.

A simbologia do pão

O pão é o símbolo religioso da vida e da fraternidade. Ele é o elemento essencial da partilha, representa a vida e as necessidades. A partilha do pão é uma troca de estender a mão para dar e receber ajuda. Por fim, cada pedaço de pão nos faz lembrar que há multiplicação onde houver amor.

João Bidu
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade