3 eventos ao vivo

O que esperar do 2º semestre de 2020? A Astrologia lhe mostra!

Veja as previsões sobre o segundo semestre 2020!

13 ago 2020
11h00
atualizado às 12h31
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Veja as previsões sobre o segundo semestre 2020! -
Veja as previsões sobre o segundo semestre 2020! -
Foto: Shutterstock / João Bidu

Você não precisa de um astrólogo para saber que 2020 tem sido um ano desafiador até agora. No entanto, os eventos astrológicos raros e poderosos que tivemos este ano já apontaram um ano histórico. Mas se você pensou que a primeira metade de 2020 foi intensa, aperte o cinto, porque a segunda promete ser tão agitada quanto o primeiro semestre. 

Os astrólogos há muito tempo entenderam que 2020 seria um ano para os livros de história, embora ninguém soubesse exatamente como a energia tumultuada se manifestaria no que diz respeito aos eventos do mundo real. A primeira metade do ano apresentou um intenso stellium (conjunção com três planetas) de Capricórnio, alguns eclipses que alteraram a vida e uma enxurrada de planetas retrógrados, entre outros aspectos raros e significativos. 

Daqui por diante, teremos breves momentos de tranquilidade, seguidos de períodos intensos, que nos farão - com certeza - evoluir e nos autoconhecer muito. 

Marte Retrógrado: energia descontrolada

Marte estará retrógrado de 9 de setembro até 13 de novembro. E esse movimento dará o tom dos próximos meses. Isso porque, de todos os planetas retrógrados, Marte é o mais intenso por causa dos temas que ele rege (agressão, problemas de controle e raiva reprimida vindo à superfície).

Marte na astrologia é um planeta motivado, corajoso e pioneiro, que governa nossos desejos mais primitivos: guerra, raiva, autodefesa, sexualidade e muito mais. Marte apenas retrocede a cada dois anos e, quando isso acontece, pode ser uma época frustrante. Podemos esperar lidar com sentimentos reprimidos, bem como sensação de fraqueza e inércia.

Também é importante observar que Marte retrocederá em Áries. Nesse signo, a intensidade de Marte está no seu máximo, colocando seu poder de fogo em vantagem. O planeta se torna mais agressivo, impulsivo e destemido - o que pode ser ótimo se você souber aproveitar para conquistar seus objetivos, mas desastroso se não for controlado ou usado para motivos destrutivos. 

Mercúrio retrógrado fatalmente cronometrado

Os períodos retrógrados de mercúrio podem ser irritantes, mas não são raros - na verdade, o planeta do pensamento e da comunicação sofre uma reviravolta, pelo menos, três vezes por ano. No entanto, o último período retrógrado de Mercúrio em 2020, que começa em 13 de outubro, é significativo por duas razões.

Em primeiro lugar, esse trânsito se sobrepõe à intensidade retrógrada de Marte, o que tornará a tentativa de realizar algo duplamente frustrante, além de poder causar "explosões" já que a comunicação estará confusa. Em segundo lugar, o retrógrado começará em Escorpião, que rege todos os tipos de assuntos subterrâneos. Durante Mercúrio retrógrado em Escorpião, todos nós podemos esperar que alguns segredos sombrios venham à tona.

Quadratura com Marte

Se não bastasse estar retrógrado, Marte formará quadraturas com dois planetas relevantes: Plutão e Saturno. Quadraturas são aspectos desafiadores, quando os planetas formam ângulos de 90 graus entre eles. A energia resultante é tensa, de conflito. Do final de agosto até o final de dezembro, as quadraturas com Marte poderão resultar em surtos recorrentes, lutas agressivas pelo poder, mudanças estruturais intensas na sociedade, conflitos externos e dificuldade em cumprir os objetivos.

A Grande Conjunção e a "Era de Aquário"

A "Era de Aquário" é um tema cool já de várias décadas. Mas, muitos astrólogos, acreditam que a "grande conjunção" ocorrerá quando Júpiter e Saturno se encontrarem em conjunção no signo de Aquário, no dia 21 de dezembro de 2020. Desde 1842, as conjunções entre esses dois planetas ocorrem em signos do elemento terra. Agora, inicia um novo ciclo - ou uma nova era - com esse alinhamento em Aquário (elemento ar). Tanto Júpiter quanto Saturno representam questões sociais em nossas vidas e se relacionam com autoridade e liderança, e eles só formam um aspecto de conjunção a cada duas décadas - então, quando o fazem, é um grande negócio, por isso é conhecido como uma grande conjunção. 

Texto: Bruna Giorgi - Astróloga

Veja também:

Cookies de Chocolate com Confeito
João Bidu
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade