PUBLICIDADE

Conheça os rituais para acabar com a rivalidade

A inveja pode desgastar suas energias. Aprenda agora com o João Bidu os rituais para acabar com a rivalidade

19 mai 2024 - 09h00
Compartilhar
Exibir comentários

A inveja é um sentimento que pode interferir em nosso campo vibracional e afetar nossa rotina. Desse modo, é necessário se proteger quando há situação em que este sentimento é direcionado a você, e as simpatias são um ótimo método para barrar a inveja. Por isso, a equipe João Bidu selecionou alguns rituais para acabar com a rivalidade. Vem conferir!

Melhore as vibrações da sua rotina
Melhore as vibrações da sua rotina
Foto: Shutterstock / João Bidu

Rituais para acabar com a rivalidade 

Mandar rival para longe

Em primeiro lugar, pegue três punhados de sal grosso, três galhinhos de arruda e três pétalas de rosa e coloque dentro de um balde com três litros de água fria. Logo em seguida, jogue o preparado apenas em seus pés e repita: "nada será capaz de afastar o meu amor de mim". Por fim, descarte em uma lixeira o que restar do ritual para acabar com a rivalidade. O balde deve ser lavado e usado normalmente.

Afastar inimigos

Primeiramente, pegue um punhado de sal grosso e use-o para desenhar um coração no chão em um local afastado de sua casa. Depois, para acabar com a rivalidade, coloque dentro do coração um papel onde esteja escrito o seu nome e a oração do Pai-Nosso.

Antes de voltar para a sua casa, diga: "Que este coração venha abençoar minha vida e que eu faça boas amizades. Que os amigos ruins se afastem de mim o mais rápido possível". Por fim, saia sem olhar para trás e deixe o papel e o sal grosso no local.

Proteger seu amor

Está desconfiada que alguém pode estar invejando seu relacionamento? Então, para acabar com a rivalidade, vá até um jardim e pegue uma pétala de rosa branca. Quando a pessoa amada estiver ao seu lado, pegue a pétala, esmague-a com seus dedos e passe o sumo na nuca dele disfarçadamente. É importante que você não fale para ninguém sobre o ritual. Faça isso por três dias seguidos, rezando um pai nosso e oferecendo ao anjo da guarda de vocês.

João Bidu
Compartilhar
Publicidade
Publicidade