1 evento ao vivo

Sobre alguns princípios que regem o Universo

31 out 2018
09h00
  • separator
  • comentários

Dalai Lama nos diz que nosso estado mental é o fator primordial para alcançarmos felicidade, conquanto que nossas necessidades básicas já tenham sido atendidas, tais como moradia, alimentação e vestimentas. 

Sobre alguns princípios que regem o Universo que fazemos parte
Sobre alguns princípios que regem o Universo que fazemos parte
Foto: iStock

A mente, segundo ele, é o equipamento básico para se alcançar a felicidade. Existem também algumas pesquisas que dizem que nosso organismo carrega e é responsável por 50% da felicidade que sentimos, 10% depende do meio em que nos desenvolvemos e os outros 40% dependem da nossa capacidade de superação e força de vontade. 

Como podemos perceber, por mais terrível que tenha sido nossa vida até então, cabe a nós começarmos desde já, a construção de nossa felicidade. Nosso cérebro é plástico, moldável através de nosso empenho, em transformar padrões estabelecidos. Lembrando sempre que esses padrões foram criados por nós.

Um dos Mestres e sábios que passou por nosso planeta foi Hermes Trismegisto. Foi o fundador da escola de pensamento hermetista, onde formou alquimistas, astrólogos e psicólogos. Dentre os muito segmentos de conhecimento secreto que possuíam os hermetistas, estava a magia da transmutação mental. Transmutação significa mudança, a arte de transformar algo em outra forma ou substância, transformação.

Nos princípios herméticos, falamos em Mente Universal, que é o mesmo que Inteligência Universal ou Alma Universal. Segundo Hermes, existem alguns princípios que regem nosso Universo e, quando aprendidos e assimilados, podem nos auxiliar muito em nosso processo de vida, de crescimento e mudança. São eles:

1. O princípio do Mentalismo, que explica que todo Universo é mental, ou seja, que todos os fenômenos de vida, incluindo a matéria e o espírito, são criações da Mente de Deus.

2. O princípio da Correspondência, que nos diz que, tudo o que existe no Universo, possui uma correspondência, ou seja, somos um pequeno Universo, um microcosmo. 

3. O princípio da Vibração, ou seja, toda manifestação de energia, seja ela na matéria, do pensamento, emoção, vontade, desejo, amor, raiva ou qualquer que seja, é construída através de vibrações de frequências vibratórias.

4. O princípio da polaridade, que nos ensina que todas as coisas que existem no Universo têm dois lados, dois aspectos, dois pólos opostos com muitos graus de diferença entre os dois extremos. 

5. O princípio do ritmo, ou seja, em tudo há movimento de um lado a outro, um fluxo e um refluxo, um movimento para frente e para trás, para cima e para baixo, como um grande pêndulo, que se manifesta em todos os planos, físico, mental e espiritual.

6. O princípio de causa e efeito, que está diretamente relacionado à Lei do Carma, ou seja, nada neste mundo acontece por puro acaso, pois o acaso não existe, no sentido que foge à Grande Lei. Tudo nesta vida e todos nós estamos enredados pela trama dessa Grande lei.

7. O princípio do Gênero, que nos diz que todo Universo é dividido em polaridades masculina e feminina (yang e yin) e nada tem a ver com sexo masculino e feminino. Todos os acontecimentos e fenômenos em todos os planos de vida têm esses dois gêneros contidos.

Refletir sobre essas leis pode nos abrir portas interiores e, consequentemente que, através de sua compreensão e aprendizado, pode nos remeter a estados mentais e emocionais de maior equilíbrio e conforto.

Nas próximas semanas, falarei mais detalhadamente de cada princípio, pois eles podem ajudar imensamente a encontrar o caminho da pas felicidade neste plano de vida.

Ouça o podcast Terra Horóscopo:

Veja também:

A história do Universo em 4 minutos - e como podemos levar a Terra à prosperidade ou à catástrofe


 

Fonte: Eunice Ferrari

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade