PUBLICIDADE

Júpiter em Peixes: uma prévia de 2022 entre maio e julho de 2021

Posicionamento promove reavivamento de esperanças e sonhos e avanço do processo de cura da pandemia

12 mai 2021 13h29
| atualizado em 13/5/2021 às 18h59
ver comentários
Publicidade
jupiter em peixes
jupiter em peixes
Foto: Unplash / Personare

O gigante Júpiter é o planeta que amplifica os temas do signo em que passa, o que normalmente dura um ano. No entanto, depois de muitos anos regulares, passando direto por um só signo, por conta do movimento de retrogradação, Júpiter está transitando entre dois signos, indo e voltando.

A dobradinha da vez é de Júpiter em Aquário (que começou em dezembro de 2020) e Júpiter em Peixes, que começa em maio e vai até julho de 2021. Em 2022, será novamente entre Júpiter em Peixes e, depois, Júpiter em Áries.

Como o trânsito de Júpiter em Peixes ocorre de maneira fragmentada, ocorrendo em 2021 e se repetindo no início e em outubro do próximo ano, podemos dizer que teremos uma prévia de 2022 entre maio e julho de 2021.

E o que Júpiter em Peixes simboliza? O retorno da esperança e do direito de sonhar. É um posicionamento que promove reavivamento de esperanças e sonhos - e traz expectativa para avanço do processo de cura da pandemia.

Além disso, pode ser especialmente expansivo para os nascidos sob os signos do elemento Água, como Câncer, Escorpião e o próprio Peixes, que ganham uma força extra.

Os trânsitos de Júpiter em Peixes

Veja a dança dos posicionamentos de Júpiter de 2021 e 2022 e os períodos de Júpiter em Peixes:

  • Júpiter em Aquário - 19/12/20 a 13/05/21
  • Júpiter em Peixes - 13/05/21 a 28/07/21
  • Júpiter em Aquário - 28/07/21 a 29/12/21
  • Júpiter em Peixes - 29/12/21 a 10/05/22
  • Júpiter em Áries - 10/05/22 a 28/10/22
  • Júpiter em Peixes - 28/10/22 a 20/10/22

Júpiter vai mudar de Casa no meu Mapa?

Como você viu na tabela, em 2021, Júpiter vai transitar por Peixes de 13/05 a 28/07. Com isto, ele vai do grau 0 até o grau 2, o que é bem pouco, considerando que um signo tem 29 graus e 59 minutos, e que este é o tamanho aproximado de uma Casa Astrológica também.

Assim, avançando apenas 2 graus, não vai dar tempo de, em 2021, Júpiter em Peixes percorrer uma Casa inteira, de modo que os progressos continuarão ocorrendo na Casa Astrológica que você viu no artigo de Júpiter em Aquário para o seu Ascendente.

Se você não lembra, clique aqui para ver os efeitos de Júpiter em Aquário no coletivo e para o seu Ascendente.

Como está sendo Júpiter em Aquário em 2021

Para você entender como Júpiter funciona e, desta forma, como vai funcionar em Peixes, no finalzinho de 2020, o planeta entrou em Aquário, signo dos grupos e amigos. Se já estava difícil ficar longe das pessoas no ano passado, em 2021, com Júpiter neste extrovertido signo do elemento Ar, o mais sociável dos quatro, ficou ainda mais intenso. A vontade de celebrar e trocar com amigos, ainda que virtualmente por causa da pandemia, aumentou.

Talvez um excelente exemplo do que é um trânsito de Júpiter em Aquário tenha sido o BBB21, que teve um sucesso excepcional em relação às edições anteriores e ainda consagrou uma campeã que se tornou um fenômeno de popularidade, saindo com um recorde de seguidores nas redes sociais.

Toda esta visibilidade tem total ligação com Júpiter transitando no signo dos grupos. Além disso, a edição de 2021 foi uma das com mais discussões engajadas sobre diversos temas sociais e coletivos, a ponto de o cantor Fiuk ter tomado aulas sobre racismo e feminismo antes de entrar no programa. Dá-lhe Aquário!

Então, está percebendo como Júpiter agiganta tudo o que toca? E qual pode ser a onda de Júpiter em Peixes?

Como será Júpiter em Peixes

A primeira coisa importante a se dizer é que é um posicionamento comemorado pelos astrólogos, pois Peixes é um dos dois signos de domicílio de Júpiter, o planeta das melhorias e expansões.

Todo signo é regido por um planeta. Quando um planeta está transitando no signo que o rege, diz-se que ele está domiciliado, ou seja, está "em casa". Com isso, está pronto para fazer aquilo que melhor lhe cabe ou, para usar uma metáfora, um rei no seu próprio castelo. Por isto, todo domicílio tem uma grande potência para melhorar algo.

O sisudo Saturno esteve em Capricórnio, seu domicílio, de 2018 e 2020, e trouxe intenso desejo por ordem e organização, coletiva e pessoal. Você organizou coisas na sua vida e amadureceu?

De 2021 até os primeiros meses de 2023, Saturno estará em seu outro domicílio, Aquário, falando em um tempo de grande modernização social. Está percebendo este apelo de modernizar e inovar na sua vida também?

Mas e Júpiter? Em 2019, Júpiter esteve em um dos signos de domicílio, Sagitário. A vontade de viajar, expandir, fazer especializações, se aventurar e ganhar mundo, que é bem sagitariana, foi marcante. Foi um ano alegre e eufórico para muita gente. Além disso, muitas pessoas mudaram de país naquele ano.

Muita gente achou que 2020 seria igual, quando esta autora avisou que 2020 não ia ter nada de ano sabático e de aventura como foi 2019, já que iria enfatizar o sério e produtivo Capricórnio. Além disso, já se previa um ano de marco, astrologicamente impactante.

Dito e feito. A pandemia acabou com qualquer ambição geográfica e de aventura, mantendo as pessoas trabalhando - e bastante - em casa, a cara de Júpiter em Capricórnio. Muita gente, porém, teve um crescimento em sua carreira a partir de 2020, expandindo a sua atuação.

Júpiter em Peixes: 10 efeitos sobre todos nós

Júpiter em Peixes não vai ser igual a Júpiter em Sagitário, porque são signos muito diferentes. Mas se Júpiter em Capricórnio (2020) nos obrigou a um grande realismo, e é como se ainda estivéssemos um pouco sob o efeito disso, Júpiter em Peixes simboliza o retorno da esperança e do direito de sonhar.

A seguir, veja os 10 efeitos que Júpiter em Peixes vai ter, de meados de maio até o final de julho de 2021, e em 2022.

  1. Reavivamento da esperança. Quem andou desesperançado, triste ou apagado vai voltar a ver a chama da esperança e fé nos sonhos, seja no amor ou em outro projeto de sua vida. Esta atmosfera vai se instalar nos próximos dois meses.
    Assim como Júpiter trouxe alegria em 2019, ao estar em Sagitário, agora traz fé e esperança ao transitar por Peixes.
  2. Valorização de locais místicos. Há uma tendência, a partir do ano que vem, quando Júpiter voltar para Peixes, e mais gente estiver vacinada, de as pessoas viajarem para locais místicos e sagrados.
  3. Melhora de vacinas e avanço no processo de cura da pandemia. Peixes é o signo, sim, dos vírus, mas também das vacinas e medicamentos.
    Não tenha dúvidas: este posicionamento vai impulsionar o desenvolvimento das vacinas e dos processos de cura, tanto nesta primeira fase, até meados de julho, quanto na segunda, a partir dos últimos dias de 2021.
    Estas são ótimas notícias para a situação em que vivemos, da trágica pandemia. Podemos confiar que em 2022 já estaremos bem melhores em relação a este cenário. Só isto já é uma grande notícia, concorda?
  4. Guiar-nos pelos sentimentos e pela intuição. Vamos nos orientar menos pela razão e um pouco mais pela emoção e intuição e, com isto, podemos viver experiências e explorar caminhos que normalmente não experimentaríamos.
    Para você que é muito controlador e racional, vai ser bem bacana experimentar esta nova vibração.
  5. Ações sociais e solidárias com muito engajamento. As pessoas ficam mais sensíveis e empáticas, querendo fazer alguma coisa pelo próximo, e esta é uma das melhores coisas de Júpiter em Peixes!
    Pense nisso como algo muito importante, seja em meio a uma grave pandemia ou depois que ela amenizar.
    Talvez o mundo vá precisar de campanhas para ajudar lugares que estejam passando por privações, e estas ações vão ser muito bem-vindas e resultar em sucesso.
  6. Tendência de acreditar em fantasias ou em um "salvador da pátria". Como qualquer posicionamento astrológico tem seu lado sombra, a faceta negativa de Júpiter em Peixes pode ser o aumento de drogas, do uso indiscriminado de medicamentos, de ilusões, de pessoas ou promessas embusteiras ou "milagreiras".
    Um outro ponto é que Júpiter, estando em um signo do elemento Água, também pode fazer encher rios, trazer ressacas intensas ou significar grande volume e quantidade de chuva.
  7. Excelentes inspirações para música e arte. Se há uma coisa que Júpiter em Peixes entende - e muito - é de arte! Belas canções e filmes surgem durante este posicionamento para tocar os corações.
  8. Valorização da espiritualidade e esoterismo. Se você é tarólogo, joga runas ou tem alguma habilidade psíquica, prepare-se para um período de aumento de interesse por tudo isto, bem como por meditação, terapias holísticas e alternativas.
  9. Aumento da compassividade. A atmosfera geral fica menos "dura" quanto Júpiter está em Peixes. Se você precisa se entender com alguém com quem houve um distanciamento, as chances são muito maiores de conciliação ou acordo.
  10. Mais magia na vida cotidiana. Como foi dito, a capacidade de sonhar é ampliada. Faça bom uso disso, ligando sua intuição para a escolha dos melhores caminhos e evitando as saídas fáceis e as ilusões, como foi alertado.
    E, se na sua vida estiver faltando magia, corra atrás dela! Afinal, Júpiter ajuda, mas funciona muito melhor quando fazemos por onde. Se solte, siga a sua intuição e aja de acordo com ela, algo bem pisciano!

Vanessa Tuleski (vanessatuleski@gmail.com)

- Vanessa Tuleski mora no RJ e dá consultas astrológico-terapêuticas pessoalmente ou à distância, focando no que o céu tem a dizer, mas também no que o livre arbítrio pode fazer.

Personare
Publicidade
Publicidade