1 evento ao vivo

Júpiter é o planeta regente de 2018

Associado à riqueza, Júpiter traz oportunidades, progresso e facilita o fluxo da vida

4 dez 2017
12h44
atualizado em 5/12/2017 às 15h57
  • separator
  • comentários

Depois da dupla regência de Saturno (pelo ciclo de 36 anos que começou em 2017 e pela regência planetária do ano), podemos começar a comemorar a chegada de um 2018 mais alegre e de colheita, depois de muito esforço e uma árdua plantação. Júpiter, o grande beneficiador do zodíaco, nos acompanhará em todos os meses do ano, indicando caminhos para nosso crescimento pessoal e profissional, além da expansão de nossas vidas.

O grande ciclo de 36 anos comandado por Saturno seguirá trazendo mudanças importantes nas próximas décadas, com a sociedade pendendo para um caminho de maior seriedade. Júpiter, o regente de 2018, é o maior planeta do zodíaco e, pode trazer consigo uma tendência a exagero e excessos. Quando um planeta rege um ano, todas as áreas da vida são afetadas: a pessoal, a política e a planetária.

Júpiter é o maior e mais benéfico planeta do zodíaco, o que promete trazer boas novidades durante todo o novo ano astral.
Júpiter é o maior e mais benéfico planeta do zodíaco, o que promete trazer boas novidades durante todo o novo ano astral.
Foto: iStock

Em geral, sagitarianos serão beneficiados pela presença de seu regente como influenciador deste ano, depois de três difíceis anos sob a influência de Saturno em seu signo. No dia 20 de dezembro de 2017, Saturno deixa Sagitário e começa a caminhar através de Capricórnio, aliviando a carga emocional e a vida prática dos sagitarianos.

Além de Sagitário, Júpiter também influencia em Escorpião, por isso é importante saber em qual setor do mapa astral de cada um desses dois signos se encontra.

Além de maior, Júpiter é o planeta mais benéfico do zodíaco, seguido de Vênus e do luminar, o Sol, o que pode trazer boas novidades durante todo o novo ano astral, que começa em 20 de março de 2018.

Júpiter costuma trazer algumas bênçãos quando rege um ano. Associado à riqueza, o planeta traz progresso, crescimento, expansão e melhoria nos negócios, na saúde, no amor e no trabalho. Júpiter abre portas, traz novas oportunidades e facilita o fluxo da vida.

Depois de um ano de Saturno, podemos esperar por algumas facilidades. No entanto, é claro que não devemos ficar parados, esperando que a vida nos traga as bênçãos prometidas. Devemos ter foco, decisão, determinação e correr atrás dos nossos sonhos e objetivos.

Júpiter também está relacionado à euforia, por isso devemos tomar cuidados redobrados para não contarmos com algo que ainda não foi devidamente concretizado. Às vezes, Júpiter “promete mais do que cumpre” e é por isso que devemos manter nossos pés bem firmes no chão. Como Júpiter aumenta e exagera tudo, estaremos mais propensos a dramatizações, ao excesso de trabalho, aos vícios, à compulsão e ao estresse.

Na religião, pode haver ainda mais fanatismo. Na política, maior número de demagogos. Devemos estar ainda mais atentos já que muitas leis podem ser revistas e reformuladas.

O comércio exterior e o contato com pessoas e empresas estrangeiras, assim como as viagens internacionais, serão altamente favorecidos durante 2018. Em um ano de Júpiter, teremos mais oportunidades de alcançar nossos sonhos e conseguiremos enxergar a possibilidade de nossos projetos darem certo.

O melhor que temos a fazer é abrirmos os braços e o coração para receber essa deliciosa energia que chega em 2018.

Veja também

Fonte: Eunice Ferrari

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade