PUBLICIDADE

Astrologia: mais uma pitada de mudanças já em janeiro

Posição dos nodos lunares promete transformações inesperadas, além de uma forte necessidade de construir algo significativo na vida pessoal

7 jan 2022 09h00
ver comentários
Publicidade

Começamos um novo ano com mudanças importantes no astral: Vênus em movimento retrógrado que está unida a Plutão, o planeta das profundezas e intensas transformações e essa energia estará mais forte em todo janeiro e em 03 de fevereiro, mas nessa data já com Vênus em movimento direto. Vênus retrógrado nos pede uma revisitação em nossos valores pessoais e na maneira que nos relacionamos, em como, de que forma oferecemos e recebemos amor. Com Plutão, nada é superficial, portanto, é hora de começarmos a levar mais a sério e nos aprofundarmos no tema amor.   

Lembramos que Saturno está em Aquário, nos alertando sobre a necessidade de responsabilidade social e Urano em Touro, nos alertando sobre a maneira que lidamos com nossas posses, nosso dinheiro e tudo o que envolve o mundo das formas. Ambos continuam, em grande parte do ano, em tenso aspecto, nos obrigando a mudar. Além desse aspecto, os eixos Touro/Escorpião e Leão/Aquário, serão bombardeados com mais mudanças através dos eclipses que acontecerão nesses signos: dois em Touro e dois em Escorpião. 

2022 será marcado por mudanças inesperadas e repentinas e uma forte necessidade de construir algo significativo na vida prática e emocional
2022 será marcado por mudanças inesperadas e repentinas e uma forte necessidade de construir algo significativo na vida prática e emocional
Foto: GooKingSword/Pixabay

Hoje vamos falar das mudanças, também nesses dois eixos que já começam a acontecer este mês, através de dois pontos importantíssimos: os nodos lunares, que estão diretamente ligados aos nossos destinos, àquele chamado interior que recebemos em algum momento de nossas vidas e que nos remete a sermos o que devemos ser, à nossa missão de vida. Em nossos mapas, sempre que acontece um trânsito sobre os nossos nodos, somos remetidos a nós mesmos para checarmos o caminho que temos seguido e se estamos levando bagagens a mais ou a menos em nossas viagens. 

Os nodos Norte e Sul, acabaram de ingressar nos signos de Touro e Escorpião, e começam a promover ainda mais mudanças para todos nós, pois todos temos Touro e Escorpião em nossos mapas. Desde 2020, estavam caminhando através do eixo Gêmeos/Sagitário, quando foi anunciada a temporada de eclipses nesses signos. Agora, no eixo Touro e Escorpião, marcam a temporada de eclipses no eixo Touro/Escorpião, durante 2022. Com a presença de Urano em Touro durante todo ano e pressionado por Saturno, podemos esperar por mudanças inesperadas e repentinas e uma forte necessidade de construir algo significativo na vida prática e emocional.

De uma maneira surpreendente, se estivermos atentos para os desígnios da vida, vamos poder reconhecer nosso futuro e perceber o caminho para o qual a vida nos está direcionando. Certamente, esse será um caminho nunca antes navegado por nós; as direções serão totalmente novas e inusitadas. É claro que cada um de nós sentirá de maneira diferente esse chamado, e tudo vai depender dos planetas e casas que os nodos vão impactar.

O aprendizado que os eclipses, os nodos, a tensão existente entre Urano e Saturno e a união de Vênus retrógrado e Plutão nos deixa, é sobre a maior lei da vida que se chama transitoriedade e que nós, ocidentais precisamos exercitar, exercitar e exercitar seu aprendizado. Tudo muda, a única coisa que não muda, é a certeza de que tudo vai mudar.

Fonte: Eunice Ferrari
Publicidade
Publicidade