PUBLICIDADE

Você não é o que vê no espelho! Conheça os 7 corpos do ser humano

Descubra quais são e como eles influenciam na nossa vida

18 out 2021 18h02
ver comentários
Publicidade
Descubra quais são e como eles influenciam na nossa vida - Shutterstock
Descubra quais são e como eles influenciam na nossa vida - Shutterstock
Foto: João Bidu

Imagine a seguinte cena: o despertador toca pela manhã, você se levanta e vai até o banheiro fazer a higiene pessoal. Olha no espelho e vê um rosto amassado, olhos inchados, algumas olheiras e pensa "eu não dormi bem essa noite".

Quem é esse eu de quem você está falando? É essa imagem que aparece refletida? É o conglomerado de órgãos, ossos, músculos, sangue, gordura, água...? Sabia que esse é apenas 1 dos seus 7 corpos?

Os corpos são meios para a manifestação do homem. Em uma perspectiva espiritualista, cada um desses corpos tem uma frequência vibratória e função específicas. Eles são coexistentes e se intercomunicam de maneira inteligente.

Veja, a seguir, o que é e para que serve cada um dos 7 corpos do ser humano:

Corpo físico

É um instrumento de manifestação material no planeta, o que fica no caixão quando a pessoa morre. Totalmente passivo, reagindo às atividades dos outros corpos.

Corpo duplo-etérico

É o corpo da vitalidade, que anima o corpo físico. É onde ficam os chakras e é identificado pela aura. Pode ser visto por clarividentes.

Corpo astral (ou corpo emocional)

É o corpo das vibrações, onde ficam registradas todas as emoções vivenciadas ao longo da vida. Não tem racionalidade, apenas sensações. Em casos de traumas emocionais, pode causar bloqueios energéticos.

Corpo mental inferior (ou corpo mental concreto)

É o corpo da inteligência e da associação de ideias. Um banco de dados de informações racionais, mentais e intelectuais, onde habitam o ego e a individualidade.

Corpo mental superior (ou corpo mental abstrato)

É o corpo que contém o projeto de vida e tudo o que deve ser trabalhado na vivência atual na face da Terra. Fonte de inspiração para novas descobertas e elaboração de ideias abstratas.

Corpo búdico

É o corpo que contém os registros akáshicos, que são todas as experiências de todas as encarnações. É o berço da intuição e origem de déjà vus.

Corpo átmico

É o corpo correspondente à centelha ou essência divina, princípio fundamental e transcendente.

Os corpos físico, duplo-etérico, emocional e racional são mais adensados e, por isso, estão no campo material do ser humano. Juntos, recebem o nome de quaternário inferior.

Já os corpos mental superior, búdico e átmico são mais sutis, fazendo parte de um plano espiritual. Quando observados de maneira conjunta, são chamados de tríade superior.

Quando esses corpos estão em desequilíbrio, podem ocasionar bloqueios de ordem energética, mental, emocional e espiritual, podendo reverberar também no campo e corpo físico da pessoa.

Você já passou por uma situação em que entendeu que precisa fazer algo, mas, na prática, não consegue executar? Esse é um exemplo de desarmonia entre os corpos: o mental concreto já sabe, mas, pode haver algo de nível emocional, energético ou espiritual não alinhado a esse propósito, impedindo que a ação desejada se manifeste.

Buscar o trabalho de um terapeuta pode auxiliar nesse processo, possibilitando a reconexão com você mesmo, o ganho de consciência e a manifestação plena de seu projeto de vida.

Texto: Bia Albuquerque, humanoterapeuta, psicanalista espiritualista, facilitadora do Círculo da Vida e ledora de baralho terapêutico.

João Bidu
Publicidade
Publicidade