PUBLICIDADE

Quando é hora de se calar?

Veja porque verdades impensadas podem soar como lanças no outro

23 nov 2021 18h03
ver comentários
Publicidade
Veja porque verdades impensadas podem soar como lanças no outro - Shutterstock.
Veja porque verdades impensadas podem soar como lanças no outro - Shutterstock.
Foto: João Bidu

Vou compartilhar com você, um segredo quase divino: a arte de saber calar-se. A sorte gosta de pessoas que sabem a importância de conseguir falar o suficiente e entender como é bom sentir paz por não ter nenhuma palavra sua proferida de modo a te trazer prejuízos.

Palavras ao vento, sem entendimento, noção e compaixão, nem sempre são benéficas, pois nem sempre o outro está no tempo certo de receber o que temos a dizer.

COMO SERÁ O SEU DIA HOJE? DESCUBRA TUDO HORÓSCOPO DIÁRIO NO SITE DO JOÃO BIDU! LÁ TEM TODAS AS TENDÊNCIAS ASTRAIS PARA O SEU SIGNO!

Pessoas impulsivas sempre creem que estão sendo caridosas com suas verdades lançadas a torto e à direita, como se fosse um bom costume, um ato benevolente com os perdidos e fracassados.

Mude, remodele o teu jeito de comunicar, fale menos, tenha o hábito de fazer diferente com os defeitos que reconhece no outro.

Fé e confiança é uma habilidade que desenvolvemos todo o tempo. Quando a gente aprende a cair e a levantar, é tão natural que na sequência já fazemos o que é necessário fazer. É preciso saber como, quando e o quanto é importante controlar excessos, confiar no processo interno de cada pessoa que convive conosco.

Quantas verdades, viram lanças, pequenos dardos cobertos de criticidade, na intenção de outros em tentar nos salvar de nós mesmos, só causou dor, desgosto e desgaste da nossa própria fé.

O mundo pode ser melhor e mais leve, pode ser mais produtivo, quando estamos no exercício da boa paz em função da nossa razão.

O tempo passa muito rápido e se estamos felizes, passa ainda mais rápido. A vida é realmente boa, faz a gente colecionar momentos, experiências, situações de bem-estar com pessoas que são importantes para nós. 

Tuas dores e teus aprendizados não são meros detalhes da sua história. Perceba que a má sorte são como pequenas portas que ficam abertas para desdobramentos que sempre trazem prejuízos por falta de filtro quando comunicamos ferindo sempre os nossos entes mais íntimos. 

Empatia é uma palavra quase ultrapassada, mas o cerne dela, nunca vai se perder. Leveza que devemos praticar, levar a boa virtude para todas as relações, profundas ou não, a intenção de entender que a verdade pode curar ou machucar profundamente...

Jornada da transformação

Quer aprender mais um pouco sobre autoconhecimento e subconsciente? Participe da Jornada da Transformação, um webinário que abordará temas como inteligência emocional, numerologia e autoconhecimento. 

Shutterstock
Shutterstock
Foto: João Bidu

Texto: Michele Sensitiva

João Bidu
Publicidade
Publicidade