PUBLICIDADE

Está em dúvida? Saiba como perguntar ao Tarot

Dentre suas diversas possibilidades, o oráculo ajuda a elucidar o caminho, as escolhas e as atitudes de quem o procura

19 jul 2022 - 10h45
Ver comentários
Publicidade
como perguntar ao tarot
como perguntar ao tarot
Foto: Arquivo / Personare

Está em dúvida? Tem alguma decisão importante para tomar? Quer confirmar algo? O Tarot pode te ajudar. Dentre suas diversas possibilidades, o oráculo ajuda a elucidar o caminho, as escolhas e as atitudes de quem o procura. Mas é preciso saber usá-lo. Neste artigo, a gente te dá dicas de como perguntar ao Tarot.

A partir do momento em que as cartas são sorteadas, é montado um esquema em miniatura das situações, das sensações, dos sentimentos e das intenções, tanto nossas quanto das pessoas envolvidas.

"O oráculo, então, nos faz perceber até que ponto esse esquema vai atuar, que é o prazo estipulado de tempo: um dia? Uma semana? Um mês? Seis meses? Independente da temporalidade adotada, as cartas do Tarot são indicadores do que ocorreu, do que ocorre e do que tende a ocorrer" explica Leo Chioda, professor do Curso básico de Tarot do Personare.

O Tarot Mensal (experimente aqui), por exemplo, é uma ferramenta que mostra as tendências para um período de 30 dias na sua vida. Mas se você tem uma pergunta bem específica, o melhor é usar o Tarot Direto (jogue aqui), que te dará uma resposta direcionada. Ou seja, tudo depende do que você busca.

Como perguntar ao Tarot: 6 dicas

O Oráculo exige uma atenção de quem o procura. Por isso, o momento de sortear as cartas acaba sendo imprescindível para assegurar que sua pergunta seja respondida com os arcanos adequados, de modo claro e objetivo.

Veja 6 dicas para como perguntar ao Tarot ter as melhores respostas do baralho, segundo o tarólogo Leo Chioda:

  1. Concentre-se. Sem concentração não pode haver uma interpretação significativa do Tarot. É por isso que tranquilizar a mente, respirar fundo e tentar deixar os problemas de lado durante uma consulta é de extrema importância.
  2. Foque no Tarot. Desligue seu celular. Feche a porta, se possível. Pause a música. Minimize ou feche as demais janelas do seu navegador quando for fazer uma consulta. Site, blogs e redes sociais fazem com que você desvie a atenção que o Tarot requer.
  3. Leia e releia a análise sempre que puder. A releitura do que o Tarot lhe respondeu torna possível uma experiência aprofundada, assim como uma mudança positiva em seu jeito de transformar o que está ao seu alcance.
  4. Faça uma pergunta direta e objetiva. Quando houver uma questão específica a ser feita, como no Tarot Direto (jogue aqui!), evite perguntas ambíguas, imprecisas ou subjetivas.
    Exemplos de perguntas que NÃO devem ser feitas:
    Devo fechar tal negócio ou deixar como está?
    Eu continuo nesta empresa ou vão me demitir?
    A pessoa que amo vai se casar comigo ou vai querer me abandonar?

    Exemplos de perguntas adequadas:
    Devo fechar tal negócio?
    Continuo nesta empresa?
    O que tal pessoa sente por mim?
  5. Não refaça um mesmo jogo. O Tarot analisa a sua vida real, não a que você deseja. Concentrar-se por muito tempo não é necessário. Ter uma ideia clara do que deseja saber já é suficiente.
  6. Reflita sobre a natureza da mensagem, relendo-a diversas vezes ao longo do tempo. Mesmo não havendo a devida concentração, você obteve uma resposta.

O post Está em dúvida? Saiba como perguntar ao Tarot apareceu primeiro em Personare.

Personare (conteudo@personare.com.br)

- A equipe Personare é formada por pessoas que estão em processo constante de conhecimento sobre si mesmas, sobre o mundo e sobre as relações humanas. Compartilhamos aqui conteúdos apurados junto aos nossos mais de 100 especialistas em diferentes áreas holísticas, como Astrologia, Tarot, Numerologia e Terapias.

Personare
Publicidade
Publicidade