1 evento ao vivo

Dia Mundial do Gato: faça uma oração de proteção a seu bicho

Hoje é Dia Mundial dos Gatos.

17 fev 2020
09h00
atualizado às 10h29
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Dia 17 de fevereiro em muitas casas e famílias, ter um gato é uma benção. Ter mais de um gato e uma benção multiplicada por muito amor e alegria. Quem tem gatos sabe bem do que vou escrever. Eu mesmo tenho cinco, praticamente uma gang.

Aluno aplicado - Na Inglaterra, a Universidade de Warnick tem um aluno diferente: o gato Rolf. O felino até tem uma família de cuidadores, que já fez de tudo para impedi-lo de sair de casa, mas ele sempre visita o campus. Devido a tanta dedicação, o gatinho acabou ganhando um diploma da instituição. Veja aqui.
Aluno aplicado - Na Inglaterra, a Universidade de Warnick tem um aluno diferente: o gato Rolf. O felino até tem uma família de cuidadores, que já fez de tudo para impedi-lo de sair de casa, mas ele sempre visita o campus. Devido a tanta dedicação, o gatinho acabou ganhando um diploma da instituição. Veja aqui.
Foto: Twitter/RolfatWarwick / Estadão Conteúdo

Jota e Juju chegaram em novembro de 2017. Adotamos eles com 2 meses de idade. Bebês de tudo. Curiosos. Brincalhões. Amorosos. Conquistaram a casa e nossos corações em questão de horas. Quem queria os gatos era a patroa, D Vera. Os gatos eram dela… na teoria.

A Juju, a gatinha branca, veio dormir comigo em poucos dias. Vocês não sabem o que ter uma gata dormindo debaixo do seu braço na cama. É puro amor. Até hoje ela vem dormir. Só cresceu um pouquinho: oitos vezes o tamanho de quando chegou. Mas continua sendo minha rainha.

E o Jota? O tigrão? Bem, ele é o paizão de todos - e o chefe da gang -, além de ser o mais velho. Conversa comigo quando quer algo. Se quer comer, fica se esfregando em mim e mia. E lá vamos nós pegar o pote com ração seca. E olha que tem ração espalhada pela casa a vontade! Só que gatos são sistemáticos. Se você os ama, não dá trabalho algum levantar e dar comida que pede. Pelo contrário. Você ganha a atenção e amor de um quatro patas.

Chega de gatos? Nem pensar.

Me apaixonei pelos gatos. No início de 2018 decide adotar mais um. Chegou o Tuim. Um frajola de cinco meses. Medroso. Tinha medo de humanos. Adotamos pela paixão que a Vera tinha por frajolas e pelo fato de que ninguém queria um gato que não vinha no colo.

Tuim fugia da gente quando chegou. Mas, com paciência, amor e integração com os novos irmãos, o Tuim se soltou. Ganhou confiança. Viu que tinha uma família e proteção. Demoramos 3 meses para pegá-lo no colo. Mas, nesta época, já dormia comigo. Devo ter cara de cama de gatos, só pode.

Como dizem: “dois é bom, três é muito pouco para quem tem gatos”. Decidimos no final de 2018 adotar mais dois felinos. Na verdade, creio que foram os “dois piores” da gang.

Primeiro veio o Leo. Um pretinho com três meses. Nossa sirene. Não para de miar. Nosso “gato-cão”. Adora uma bolinha de papel. É só jogar a bolinha bem longe, que corre atrás e traz de volta para jogar.

O Leo virou o grande amigo do Tuim, o gato medroso, que com Leo se soltou mais.

Meses depois chegou a Lourdes Maria. Amarelinha de cinco meses. Versão piorada dos irmãos. Lourdes é ciumenta, possessiva, amorosa, brincalhona e não desliga.

Quando junta Leo e Lourdes Maria a casa cai.

Hoje são uma gang de cinco gatos. Todos adotados, amados. E puro amor que nos passam.

O que ganhamos com eles?

Olha, você aprende:

  • A amar mais um ser vivo;
  • Ter mais paciência;
  • Vira criança;
  • Ri mais. Melhora o humor;
  • Seu tempo é mais flexível;
  • Dá mais atenção às pequenas besteiras da vida;
  • Sua saúde melhora;
  • Você acorda um dia e lembra que você é um ser humano que pode amar;
  • Você nota que escreve um artigo sobre Oração de Proteção aos Gatos com o coração.

A todos os gatos e seus tutores, um Feliz Dia Mundial dos Gatos.

Oração de Proteção a seu gato

Querido Deus de todos os gatos, permita que no meu potinho nunca falte ração e água limpinha, e também, alguns biscoitos saborosos!

Peço, meu bom Deus, para que meus irmãozinhos que não tem lar e vivem nas ruas que sempre tenham algo para se alimentar, e que tenham a chance de ganhar uma família que os cuide bem.

Se não for pedir demais, que meus pais não se importem com todos aqueles pelinhos que eu deixo em cima da cama quando vou lá tirar uma soneca!

E que, a cada miado meu, meus pais entendam o que eu quero e me façam cafuné, carinho e reponham minha comidinha.

Amém.

Ficou com dúvida ou tem alguma pergunta? Quer saber mais sobre o trabalho de Franco Guizzetti? Precisa de uma orientação Pessoal, Tarot, Feng Shui, Hipnoterapia e Coaching Holístico? Quer saber os valores dos atendimentos? Entre em contato com ele pelo franco.guizzetti@terra.com.br. Siga-o nas Redes Sociais e visite nosso Canal no Youtube.

Veja também:

Grazi Massafera mostra gato que ganhou de Caio Castro. Saiba nome e detalhes!

 

Franco Guizzetti Franco Guizzetti
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade