0

Conexão espiritual: a arte como forma de gratidão

Como a arte pode nos aproximar do divino?

6 out 2020
09h02
atualizado às 13h17
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Como arte pode nos aproximar do divino? - Pexels
Como arte pode nos aproximar do divino? - Pexels
Foto: João Bidu

O mundo está carregado de diversos tipos de energia e tudo depende de como usamos elas, seja com orações, simpatias, mantras, feitiços e várias outras possibilidades. A forma como usamos cada cor, erva, pedra, entre outros, tem o poder de intensificar a sua intenção -- que pode ser para atrair prosperidade ou amor, por exemplo.

Entretanto, sempre estamos no estado de consciência de que necessitamos de algo e, muitas vezes, esquecemos do exercício da gratidão pelas oportunidades, de quem somos e o que já conquistamos até o momento, e deixamos em segundo plano a nossa conexão com a espiritualidade.

Para fortalecer a nossa conexão com o divino não precisa ser nada elaborado, pelo contrário, são simples atitudes diárias que fazem total diferença e nos aproxima cada vez mais com nossos guias e protetores. 

A arte nos conecta com as nossas emoções mais profundas e, devido a isso, é uma ótima maneira de autoconhecimento também, ela permite que a gente conheça nossos lados luz e sombra para compreender um pouco mais de quem somos e quem queremos ser. Esse estado de consciência é importante para entendermos que todas as situações que vivemos hoje resultaram na pessoa que é hoje e tudo que entrou no seu caminho foi por um motivo: evoluir como pessoa e espiritualmente. Por isso, a gratidão deve ser exercida sempre e não pode ser esquecida.

Pensando nisso, neste período de quarentena, as pessoas procuram cada vez mais formas de trabalhos manuais e artesanatos para passar o tempo e aprender algo novo para manter a mente sã e estimulada, sendo assim, por que não aprender ou trabalhar algo novo para estreitar a conexão espiritual? 

Vale de tudo e um pouco: um poema, um desenho, uma oração, trabalhos com argilas, bordados etc. Pode fazer uma vela artesanal para o santo ou orixá, um desenho do deus que você cultua. Aventure-se e faça um poema para algum elemental, enfim, use sua criatividade e divirta-se! O importante é que seja feito com amor, carinho e gratidão que tudo será válido e, com certeza, será apreciado. Faça de coração!

Quando fazemos algo, nossa intenção e concentração estará concentrada no objeto trabalhado e isso o torna numa grande ferramenta para expressarmos gratidão pela proteção e oportunidades que tivemos, então use o que tiver em casa e solte a sua criatividade!

Veja também:

Venezuela: os trabalhadores da saúde com salários de US$ 4 por mês e sem equipamentos de proteção
João Bidu
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade