0

Britânico é preso após imagens revelarem violência a cães

O advogado de defesa tentou convencer a juíza de que o britânico sofria de problemas psicológicos, mas não houve absolvição

23 jan 2015
09h37
  • separator
  • 0
  • comentários

Um jovem britânico foi condenado a 17 semanas de cadeia depois de câmeras de segurança do prédio onde morava na cidade de Gravesend, Kent, flagrá-lo cometendo violência grave contra seus dois cães, sendo um filhote, no final do ano passado. As informações são do Daily Mail.

Britânico é preso após imagens revelarem violência a cães
Britânico é preso após imagens revelarem violência a cães
Foto: Daily Mail / Reprodução

A juíza Lynne Matthews disse ter ficado impressionada com o tratamento dado aos dois cães de raça Husky. William Legget, 19 anos, teria espancado a mãe, amarrado em um corrimão da escada, e batido na filhote Nala, que teve ossos quebrados, como o da mandíbula, além de ter fratura no crânio.

“Em você, não dá para confiar nem um peixinho. Você fez uso de força extrema e não foi uma pequena fratura, que causou, foi grande”, disse Matthews durante a condenação.

O advogado de defesa de Legget tentou convencer a juíza de que o britânico sofria de problemas psicológicos e que não poderia ser preso, por ter um filho, mas não houve absolvição.

Os dois cães foram adotados, após receber os cuidados necessários dos especialistas. 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade