1 evento ao vivo

Após cobranças, Neymar entra em campanha contra o racismo

Craque do PSG e da Seleção Brasileira fez uma postagem em sua conta no Instagram

2 jun 2020
13h10
atualizado às 13h20
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O atacante Neymar se manifestou nesta terça-feira a respeito da onda de manifestações antirracistas, que tiveram início nos Estados Unidos após a morte de George Floyd e se espalharam pelo mundo.

Neymar está em sua terceira temporada pelo PSG
Neymar está em sua terceira temporada pelo PSG
Foto: Benoit Tessier / Reuters

Pelo Instagram, o brasileiro entrou na campanha #BlackoutTuesday, assim como outras estrelas do esporte. "Black lives matter" (vidas negras importam), escreveu em postagem junto com uma foto de sua tatuagem com a palavra "fé".

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Black lives matter 🖤 #blackouttuesday

Uma publicação compartilhada por ene10ta Érre 🇧🇷 👻 neymarjr (@neymarjr) em

A atitude de Neymar acontece um dia após o jogador ter um posicionamento cobrado pelo youtuber Felipe Neto. Pelo Twitter, ele questionou o "silêncio" do jogador diante dos protestos que ocorrem no planeta.

Depois da repercução negativa, Felipe Neto acabou apagando a publicação e teve que se retratar. "Apaguei o tweet sobre o silêncio do Neymar após mensagens de integrantes do movimento negro, mostrando que um branco não deve cobrar de um negro sobre pautas racistas. De fato, não é meu papel cobrar o Neymar sobre isso. Vou seguir tentando ajudar, aprendendo e corrigindo quando errar", explicou.

"Isso não muda o fato de eu condenar o silêncio do jogador, que é, disparado, o maior influenciador digital brasileiro no mundo, mas que se silencia a respeito de quase todas as pautas humanitárias e sociais que assolam seu país de origem e se espalham pelo planeta", completou o youtuber.

Veja também:

Editor do L! analisa duelo quente nos bastidores antes da decisão da Taça Rio
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade