PUBLICIDADE

Futebol Internacional

Jornal espanhol faz ofensas a Vini Jr por provocação após clássico: 'Sem educação'

Brasileiro marcou e ajudou na vitória do Real Madrid sobre o Barcelona por 3 a 2, em jogo válido pelo Campeonato Espanhol

22 abr 2024 - 11h32
(atualizado às 12h03)
Compartilhar
Exibir comentários

Vini Jr foi alvo de nova perseguição por parte de um jornal espanhol. Desta vez, o periódico catalão "Sport" apontou uma "falta de companheirismo e educação", devido a uma provocação feita após o clássico entre Real Madrid e Barcelona, vencido pela equipe merengue.

Foto: Lance!

No segundo tempo, Fermín López, meia do Barça, comemorou o gol que colocou seu time à frente do placar na frente da torcida adversária, em gesto semelhante ao característico de Bellingham. Entretanto, no fim, o inglês virou o jogo no Santiago Bernabéu, e deu a vitória aos comandados de Carlo Ancelotti.

Após a partida, um usuário do X - antigo Twitter - utilizou um print da celebração de Fermín para fazer uma brincadeira, dizendo "ele achava que era Jude Bellingham". Vinícius respondeu com um emoji de risada, em comentário que já ultrapassa a casa das 70 mil curtidas.

O "Sport" se utilizou da provocação feita por Vini para difamar o jogador, em nota assinada pelo jornalista Xavi Canals.

- Vinícius Júnior, que sempre reclama do trato que recebe de rivais e torcedores, deu uma mostra de falta de companheirismo e educação depois da vitória do Real Madrid no clássico contra o Barça, provocando o blaugrana Fermín. Um exemplo de elegância de um Vinícius que pede respeito. Surpreende que ele não tenha aparecido nas redes ano passado, quando o Barça amassou o Real na final da Supercopa, ou quando Kessié fez o gol que garantiu o título da liga no último lance. Desapareceu com o rabo entre as pernas. O mundo do futebol dá muitas voltas, e o brasileiro parece não saber disso - disparou o periódico.

Esta não é a primeira vez que um jornal utiliza o nome de Vini Jr para críticas e provocações. Costumeiramente, o valenciano "Superdeportes" defende os atos racistas cometidos por torcedores do Valencia em visitas do Real Madrid ao Mestalla. Já o argentino "Olé", em maio de 2023, condenou o camisa 7 por provocar aficionados espanhóis.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade