PUBLICIDADE
Patrocínio Logo do patrocinador

Queimaduras, micoses e brotoejas podem ser mais comuns no verão; saiba como prevenir

Dermatologista detalha ao Terra os cuidados necessários contra as doenças e problemas de pele mais frequentes nos dias mais quentes do ano

29 nov 2023 - 05h00
Compartilhar
Exibir comentários
Imagem meramente ilustrativa que mostra os pés de uma pessoa sendo avaliados em consulta médica
Imagem meramente ilustrativa que mostra os pés de uma pessoa sendo avaliados em consulta médica
Foto: robertprzybysz / iStock

Não é só a saúde íntima da mulher que demanda cuidados em dias mais quentes. Algumas doenças de pele podem ser favorecidas com as altas temperaturas.

É o caso de:

  • micoses, que são infecções decorrentes do crescimento excessivo de fungos, e atinge ainda unhas e couro cabeludo
  • bicho geográfico, tipo de lesão que surge após contato com um parasita presente nas fezes de cachorros e gatos;
  • miliária ou brotoeja, mais comum em bebês que não possuem as glândulas sudoríparas totalmente formadas;
  • fitofotodermatose, tipo de queimaduras que surgem a partir do contato com substâncias encontradas em alimentos como limão, figo, tangerina e outras frutas cítricas, seguida da exposição solar;
  • queimaduras, comum no verão justamente pela maior exposição solar;
  • e o agravamento de lesões prévias, como melasma e sardas, também em decorrência da maior radiação solar.

As indicações são da dermatologista Trícia Simões, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e sócia na Duoderma - Clínica Dermatológica e Estética.

De acordo com ela, medidas devem ser adotadas para evitar a ocorrência desses problemas, como evitar se expor demais ao Sol, não usar roupas úmidas por longos períodos, lavar e secar bem as áreas de dobras do corpo, se hidratar bastante, manter o corpo ventilado, usar barreiras físicas, a exemplo de chapéus, bonés e óculos, e aplicar protetor solar diariamente.

"Lembrando que a exposição solar intensa é o principal fator para o aparecimento do câncer de pele, logo a exposição deve ser sempre moderada e com muita proteção", ressalta Trícia em entrevista ao Terra.

"Em caso de lesões como micose, bicho geográfico e queimaduras, é importante também uma avaliação médica, pois as infecções são tratadas com antibiótico", acrescenta. Para tratar queimaduras, usa-se também creme calmantes e cicatrizantes.

5 dicas para evitar a retenção de líquido no calor 5 dicas para evitar a retenção de líquido no calor

Fonte: Redação Terra Você
Compartilhar
Publicidade
Publicidade