0

Amor em tempos de eclipses e pandemia

Desde que a pandemia se instalou no Brasil, já foram vários eclipses; saiba o que o de julho promete mudar em sua vida

10 jul 2020
10h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Como todos sabem, Julho chegou com mais um eclipse, agora em Capricórnio, depois de um em Sagitário e outro em Câncer, os três prometidos por esta temporada. Eclipses e mudanças são quase sinônimos e devemos, todos, estar aberto a elas. Eclipses também são imprevisíveis, portanto, pode haver perdas, mas também pode haver ganhos inesperados. Este eclipse de Julho chega um pouco mais tenso, já que Saturno retornou a Capricórnio, e como esta é a última passagem de Saturno por esse signo, o período envolverá definições e conclusões.

Veja o que o eclipse de julho te reserva
Veja o que o eclipse de julho te reserva
Foto: iStock



Como tivemos outro eclipse no dia 20 de Julho em Câncer, o eixo Câncer/Capricórnio, mais uma vez, é impactado. O amor e os relacionamentos, especialmente os que envolvem estruturas mais firmes, como um namoro sério e o casamento, serão testados para todos os signos, mas especialmente aos que pertencem a esse eixo e ao eixo Áries/Libra.

Nestes tempos de mudanças a partir da interiorização e insatisfação que a pandemia desencadeia, é hora de refletirmos sobre o que, de fato, queremos e os relacionamentos, neste momento, ganham destaque nessa reflexão. A reflexão e a interiorização, devem nos levar a nós mesmos, a sentimentos e emoções mais profundos, ao nosso modo de funcionamento, a nossas faltas e dificuldades, às bênçãos que recebemos todos os dias, ao nosso coração. A meditação pode nos ajudar imensamente nesse processo, porque meditar é, antes de mais nada, aquietar a mente e entrarmos em nosso mundo interior, voltarmos a nós mesmos através do silêncio.

Todo amor, deve começar por nós mesmos e amor próprio vai muito além do olhar-se no espelho e nos acharmos ok. Amor próprio é algo que podemos construir, através de um olhar minucioso sobre nós, sobre quem verdadeiramente somos, sobre nosso potencial e dificuldades e sobre a possibilidade de crescimento e mudança que todos trazemos. Podemos nos transformar e este momento de distanciamento e reflexão, pode ser um terreno bastante fértil para lançarmos as primeiras sementes.

Como vivemos uma temporada de eclipses, teremos a colaboração do astral para isso. Mudamos, e muda nossa maneira de nos relacionar, muda o amor dentro de nós e mudam as pessoas que atraímos, sejam elas amigos ou amantes.

Neste mês de Julho e sob a necessidade do distanciamento, os relacionamentos ficam mais difíceis de serem concretizados, nos restando apenas as trocas através das redes sociais. Nossos medos mais profundos e ansiedades, têm sido desencadeados e estar em contato íntimo com alguém que não conhecemos mais profundamente, pode envolver riscos reais. Amor e morte caminham juntos, a não ser que você tenha seu parceiro ou parceira. A solidão pode nos levar a processos profundos de autoconhecimento e descoberta e nesse processo, temos a oportunidade de construir algo dentro de nós que nos direcione ao amor próprio. Primeiro é preciso ter coragem de fazer um mergulho profundo dentro de si mesmo; se precisar, busque ajuda de um profissional, hoje existem muitos atendendo online.

Como disse acima, ainda nos resta as redes sociais e alguns signos são amplamente beneficiados durante todo mês de Julho. Geminianos e geminianas, sagitarianos e sagitarianas, assim como leoninos e leoninas e aquarianos e aquarianas, passam por um mês interessante, de movimento, de paixões que podem ser concretizadas ou não, com a passagem de Vênus por Gêmeos e o eclipse que tivemos em Sagitário no início de Junho. Eclipses trazem mudanças e o amor não fica fora delas.

Cancerianos e cancerianas, capricornianos e capricornianas, virginianos e virginianas e piscianos e piscianas, assim como arianos e arianas e librianos e librianas, passam por algo mais profundo, reflexões que podem levar a mudanças concretas e definitivas relacionadas ao amor.

Taurinos e taurinas, assim como escorpianos e escorpianas, vivem a experiência da liberdade no amor, o que não quer, necessariamente dizer, amor livre. Mas vivem um amor mais leve, sem o peso de compromissos impostos pelo sistema. As pessoas desses signos, não estão dispostas a abrir mão de si mesmas para viverem um amor pesado e cheio de compromissos sem sentido.

Todos estamos passando por um momento importante, que pode nos levar à loucura, se ainda quisermos manter antigas formas de sentir e viver ou à libertação, com o olhar para um futuro diferente, para um novo normal. O antigo normal está morrendo e é preciso refletir sobre a vida que queremos construir daqui para frente.

 

Veja também:

Beirute: A mãe em trabalho de parto durante a explosão
Fonte: Eunice Ferrari
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade