0

Estudo alerta: 346 mil novos malwares são disparados por dia

Não foi um ano fácil para a cibersegurança: 30% dos computadores foram atacados por malware em 2018, diz estudo da Kaspersky.

11 dez 2018
10h12
  • separator
  • comentários

Você conhece expressões  como “backdoor” e “ransomware” no universo da cibersegurança? Tratam-se das ciberameaças que mais cresceram na temporada 2018, fazendo  com que mais de 30% dos computadores tenha se deparado com pelo menos um ataque neste ano.

A conclusão é do novo  estudo da Kaspersky Lab, detectou 346 mil novos malware por dia em 2018. O número de backdoors aumentou 44%, enquanto o volume de ransomware cresceu 43%. Diante desse quadro, 30,01% dos computadores se deparou com pelo menos uma ciberameaça em 2018.

Foto: Kaspersky Lab / Reprodução

Estes resultados mostram que o malware, especialmente os backdoors e o ransomware, continuam sendo um perigo significativo para os usuários de computadores.

Em 2018, o ransomware (Trojan-Ransom) e os backdoors detectados compreenderam 3,5% e 3,7% de todos os novos arquivos maliciosos coletados nos primeiros dez meses do ano.

Foto: Kaspersky Lab / Reprodução

Isto representa um aumento de 43% para o ransomware (de 2.198.130 em 2017 para 3.133.513 em 2018) e de 44% para os backdoors (de 2.272.341 em 2017 para 3.263.681 em 2018) em relação ao período anterior.

“Em 2018, observamos uma pequena redução nas detecções diárias. Por um lado, isso pode indicar que o interesse dos criminosos em reutilizar malware antigos se mostrou eficiente. Por outro, os picos do número de backdoors e Trojan-Ransom detectados mostram que os cribercrimonosos estão sempre em busca de novas maneiras de comprometer os dispositivos das vítimas e ganhar dinheiro com isso”, diz Vyacheslav Zakorzhevsky, chefe de pesquisa antimalware da Kaspersky Lab.

Foto: Kaspersky Lab / Reprodução

“O interesse permanente no ransomware e sua constante evolução é um aviso para continuarmos atentos, tanto em relação às ciberameaças conhecidas, quanto em relação às desconhecidas. É por isso que não deixamos de aperfeiçoar nossos sistemas de detecção e proteção todos os dias para garantir que nossos clientes estejam sempre seguros”, complementa ele.

Digital
  • separator
  • comentários
publicidade