PUBLICIDADE

PlayStation demitirá cerca de 900 funcionários

Estúdio da empresa em Londres será fechado

27 fev 2024 - 10h45
(atualizado às 10h46)
Compartilhar
Exibir comentários
Depois do Xbox, chegou a vez do PlayStation enxugar o quadro de funcionários
Depois do Xbox, chegou a vez do PlayStation enxugar o quadro de funcionários
Foto: Reprodução / Sony

A Sony anunciou nesta terça-feira (27) que irá demitir aproximadamente 8% de sua força global de trabalho, o que representa cerca de 900 funcionários. A decisão irá afetar diversos estúdios e resultará no fechamento do PlayStation London Studio, responsável por jogos como Blood & Truth para PlayStation VR, além de SingStar Celebration e Erica para PlayStation 4.

A decisão foi tomada porque “a indústria mudou imensamente e precisamos nos arquitetar para o futuro de modo a preparar a empresa para o que está por vir”, disse Jim Ryan, presidente e CEO da Sony Interactive Entertainment, no comunicado a respeito.

“Precisamos atender às expectativas dos desenvolvedores e jogadores e continuar a impulsionar a tecnologia futura nos jogos, por isso demos um passo para trás para garantir que estamos preparados para continuar trazendo as melhores experiências de jogos para a comunidade”.

Um e-mail foi enviado para os funcionários da empresa com mais detalhes envolvendo as demissões, cuja cópia foi compartilhada publicamente por Ryan no comunicado. Nele é dito que se trata de algo que teve “vários meses” de “consideração cuidadosa” e “discussões de liderança” antes da decisão ser tomada.

Haverá impacto em vários estúdios PlayStation em todas as regiões, incluindo Américas, Europa, Oriente Médio, África, Ásia, Japão e Pacífico. Além do fechamento do estúdio em Londres, “haverá reduções no estúdio Firesprite”, que ajudou a Guerrilla Games no desenvolvimento de Horizon Call of the Mountain e vem trabalhando em um novo jogo para a Sony.

Com isso, a Sony se torna a mais nova gigante do setor de jogos a enxugar o quadro de funcionários. Em janeiro, a Microsoft havia anunciado a demissão de 1.900 colaboradores, resultando inclusive no cancelamento de um jogo na Blizzard. Além disso, no mesmo mês a Twitch mandou embora 500 funcionários, o Discord desligou 170 pessoas e a Riot Games demitiu mais de 500 funcionários.

Quer conhecer outros jogadores, saber das últimas novidades dos games e ter acesso a brindes e campeonatos? Participe do nosso Discord!

Fonte: Game On
Compartilhar
Publicidade
Publicidade