PUBLICIDADE

Após demissões na Microsoft, Blizzard cancela novo jogo

Empresa foi uma das mais afetadas pelo novo corte de funcionários promovidos pela gigante norte-americana

25 jan 2024 - 12h24
(atualizado às 12h24)
Compartilhar
Exibir comentários
Blizzard cancela nova IP após demissões na Microsoft
Blizzard cancela nova IP após demissões na Microsoft
Foto: Reprodução / Activision Blizzard

Imediatamente após a notícia de que a Microsoft demitiu 1.900 funcionários da Activision Blizzard, Xbox e ZeniMax, o estúdio por trás das franquias Diablo e Warcraft cancelou seu novo projeto. O projeto seria a primeira Propriedade Intelectual (IP) da Blizzard desde Overwatch e foi anunciado em 2022 como um jogo de sobrevivência.

“As decisões de hoje afetam várias equipes da Blizzard, incluindo equipes de desenvolvimento, organizações de serviços compartilhados e funções corporativas”, disse Matt Booty, chefe do Xbox Studios, em nota enviada aos funcionários obtida pelo The Verge. “Como isso, a Blizzard está encerrando o desenvolvimento de seu projeto de jogo de sobrevivência e irá transferir algumas das pessoas que trabalham nele para um dos vários novos projetos promissores que tem nos estágios iniciais de desenvolvimento”.

Booty também confirmou que o presidente da Blizzard, Mike Ybarra, e o diretor de design, Allen Adham, irão deixar a Blizzard: “Como muitos de vocês sabem, Mike passou mais de 20 anos na Microsoft. Agora que concluiu a aquisição como presidente da Blizzard, decidiu deixar a empresa”, disse Booty a respeito de Ybarra.

O executivo também comentou sobre a saída de Allen: “Como um dos cofundadores da Blizzard, Allen teve um impacto amplo em todos os jogos da Blizzard. Sua influência será sentida nos próximos anos, tanto direta quanto indiretamente, à medida que Allen planeja continuar orientando jovens designers em toda a indústria”.

Ybarra falou a respeito de sua saída e as demissões na Blizzard em suas redes sociais:

“Quero agradecer a todos que foram impactados hoje por suas contribuições significativas para suas equipes, para a Blizzard e para a vida dos jogadores. É um dia incrivelmente difícil, e minha energia e apoio estarão focados em todos aqueles indivíduos incríveis impactados – isso não é de forma alguma um reflexo do seu incrível trabalho”.

“Para a comunidade Blizzard, também quero que todos saibam que hoje é meu último dia na Blizzard. Liderar a Blizzard em um momento incrível e fazer parte da equipe, moldando-a para o futuro que está por vir, foi uma honra absoluta. Tendo passado mais de 20 anos na Microsoft e com a aquisição da Activision Blizzard concluída, é hora de (mais uma vez) me tornar o maior fã da Blizzard, mas do lado de fora”, comentou Ybarra sobre sua saída da empresa.

Além da Activision Blizzard e Xbox, empresas como Discord, Twitch, Unity e Riot Games também demitiram funcionários recentemente. No caso do estúdio de League of Legends e Valorant, foram dispensados mais de 500 colaboradores.

Quer conhecer outros jogadores, saber das últimas novidades dos games e ter acesso a brindes e campeonatos? Participe do nosso Discord!

Fonte: Game On
Compartilhar
Publicidade
Publicidade