Entenda por que o Taiti é uma sensação na rota de cruzeiros

Maior ilha da Polinésia Francesa conta com paisagens incríveis

9 jun 2015
09h40
atualizado às 13h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Paraíso é apenas a palavra mais clichê para definir o Taiti, maior ilha da Polinésia Francesa. Rota de cruzeiros, especialmente saídos do Havaí e da Austrália, a região é marcada pela água quente e de um azul brilhante, além de outras belezas naturais como colinas, bosques e flores que inspiraram pintores e poetas.

Não há como fugir do encanto das praias taitianas. Além de sua beleza, elas são convidativas para um mergulho, relaxar na areia ou praticar esportes. Surfistas em especial podem aproveitar as águas locais, que estão entre as melhores para prática do esporte no mundo, em especial em Teahupoo, Papara e Taapuna. O Taiti também é popular para a prática de windsurf e bodyboard, mergulho com snorkel para observar os arrecifes de coral, e a pesca submarina.

O Taiti já foi casa também de personalidades famosas da cultura, como o escritor Herman Melville e o pintor Paul Gauguin, que foram inspirados por suas belezas naturais. A ilha possui museus para quem quiser fazer um passeio diferente das praias, como o Museu da Pérola, único no mundo dedicado inteiramente às pérolas. Paul Gauguin também tem um museu dedicado aos seus trabalhos, com itens que pertenceram ao pintor, desenhos e reproduções de trabalhos.

Ilhas da Polinésia Francesa são boas para prática de esportes aquáticos
Ilhas da Polinésia Francesa são boas para prática de esportes aquáticos
Foto: Juancat/Shutterstock

Ilhas vizinhas são opção
Durante a escala no Taiti é possível também conhecer ilhas vizinhas, como Bora Bora. Para isso é necessário embarcar em um catamarã. O interior da ilha também pode ser explorado por quem for mais aventureiro, em um passeio pela floresta em Nui, um local quase intocado pela mão do homem e que conta com cachoeiras, vales floridos, lagos e grandes picos verdes. Esse passeio pode ser feito em veículo 4x4 de safári, a bordo de um helicóptero ou em caminhadas acompanhadas de naturalistas.

O Mercado de Papeete é outro destino na região. Nele é possível encontrar artesanato e obras de arte locais, tambores, pingentes de dente de tubarão, música tradicional, esculturas de deuses Tiki (típicos da região, esculpidas à mão) e comida. A cozinha local tem forte influência francesa.

Veja roteiros:

7 noites - Cruzeiro a bordo do navio Paul Gauguin, da Paul Gauguin Cruises, com partida de Papeete em 16 de dezembro de 2015. Escalas em Moorea, Huahine, Taha'a e Bora Bora. Cabines a partir de US$ 3.995 por pessoa (R$ 12,4 mil), mais taxas.

31 dias - Cruzeiro a bordo do navio Sea Princess, da Princess Cruises, com partida de Sydney, na Austrália, em 10 de abril de 2016. Escalas em Nuku'alofa, em Tonga, Apia, em Samoa, Hilo, Kona, Honolulu, Maui e Kauai, no Havaí, Tahiti, Moorea e Bora Bora, na Polinésia Francesa, e Auckland, na Nova Zelândia. Cabines a partir de US$ 5.524 (R$ 17,2 mil) por pessoa, mais taxas.

Conheça o cruzeiro que será novidade na próxima temporada Conheça o cruzeiro que será novidade na próxima temporada

 

 

Veja também:

Tender recheado de Natal
Fonte: Canarinho Press
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade