Conheça povoado no México remodelado para receber cruzeiros

Costa Maia foi desenvolvida para receber navios de cruzeiro no Caribe

23 set 2015
08h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Costa Maia é um destino feito para cruzeiros, literalmente. A região foi totalmente remodelada no início dos anos 2000 para que os navios pudessem parar ali. O local tem belezas naturais do mar caribenho, além de, como indica o nome, muitas heranças da civilização maia. Entre seus principais passeios estão excursões para sítios arqueológicos e ruínas do antigo povo.

Imperdível

Ruínas Maia – A Costa Maia possui diversas ruínas de construções da civilização maia. Três sítios arqueológicos principais da região para conhecer mais sobre este período são Kohunlich, Dzibanche e Kinichna, próximos uns dos outros e que oferecem uma visão ampla de como eram as cidades na época.

Chacchoben é um dos principais sítios arqueológicos maias
Chacchoben é um dos principais sítios arqueológicos maias
Foto: Atomazul/Shutterstock

Chacchoben – Localizadas na floresta, essas ruínas datadas de 360 d.C. eram praticamente inexploradas até o início dos anos 2000. As pirâmides restauradas, escadarias e muros são a principal atração do local, que constantemente recebe escavações arqueológicas na busca de novas pistas sobre o povo maia.

Mahahual – Uma pequena vila de pescadores, Mahahual é considerado um paraíso na região. A praia local é bela, com águas claras e boa para praticar esportes aquáticos. Passeios de barco no local também levam para Banco Chinchorro, o maior atol de corais do México. Mahahual também é conhecida pelos clubes agitados.

Chetumal Bay – Essa baía fica na cidade de Calderitas, onde os visitantes podem aproveitar praias artificiais, alugar caiaques para navegar. Ela conta com boa infraestrutura, com bons restaurantes de frutos do mar. Próximo fica a ilha Tamalcab, que pode ser visitada em passeios de barco. Outra atração é o rio Hondo, considerado a fronteira entre Belize e México e que era usado pelos maias para contrabandear armas.

Forte São Felipe Bacalar – Um dos fortes espanhóis erguidos na região durante a época colonial, tinha originalmente o objetivo de afastar ataques da população local e piratas. Nele são oferecidos passeios e visita ao museu. Lá também fica o Lago das Sete Cores, onde o azul muda de tons durante o dia.

O que comer?
A Costa Maia é repleta de redes de alimentação mexicanas, além de restaurantes comandados por europeus que vivem no local. O destaque na região são os pratos típicos do país e os em estilo tex mex como guacamole, tacos, enchiladas e burritos. As variações com uso de peixes e frutos do mar também são boa opção.

Melhor souvenir
Peças inspiradas na civilização maia estão entre os principais itens oferecidos. Produtos têxteis como toalhas de mesa, vestidos, tapetes, blusas e lenços com estampas coloridas são fáceis de achar.

Veja roteiros:

5 noites – Cruzeiro a bordo do Independence of the Seas, da Royal Caribbean International, com partida de Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, em 30 de janeiro de 2016. Escalas em Cozumel e Costa Maia, no México. Cabines a partir de R$ 1.287 por pessoa, mais taxas.

7 dias – Cruzeiro a bordo do Carnival Sunshine, da Carnival Cruises, com partida de Porto Canaveral, nos Estados Unidos, em 26 de novembro de 2016. Escalas em Costa Maia e Cozumel, no México, Mahogany Bay, em Roatan e Belize. Cabines a partir de US$ 439 (R$ 1.712,76) por pessoa, mais taxas.

Veja 50 cruzeiros temáticos e saiba qual é o ideal para você Veja 50 cruzeiros temáticos e saiba qual é o ideal para você

Veja também:

Tender recheado de Natal
Fonte: Canarinho Press
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade