PUBLICIDADE

Meditação também fortalece o seu outro sistema imunológico

Você sabia que, além de ter o sistema imunológico do corpo, que combate vírus e bactérias, tem o sistema imunológico mental, o das ideias?

14 mai 2021 11h00
Publicidade

A meditação ajuda a fortalecer o sistema imunológico do corpo contra ataques de bactérias e vírus. Mas essa prática tem também um efeito muito interessante em algo mais sútil, no seu outro sistema imunológico. Você já pensou que tem mais de um?

O filósofo Daniel Dennett identificou que muitas ideias se propagam como se fossem vírus, bactérias ou outros seres que tentam dominar o hospedeiro. Um vírus da gripe, por exemplo, entra em nós e nos deixa gripados. Como consequência, nós espirramos, replicamos o vírus, passamos para frente. Esse filósofo, portanto, disse que algumas ideias entram nas pessoas e, dependendo da potência dessa ideia e da capacidade de viralização, acabam sendo replicadas.

Em algumas pessoas muito ingênuas, uma ideia entra e causa um rebuliço na mente. E essa ideia começa a ser replicada, porque a pessoa sai falando daquele absurdo, espalhando em grupos de WhatsApp, criando uma replicação desenfreada, de maneira muito parecida com um vírus ou uma bactéria. Foi essa a grande percepção do filósofo: podemos replicar, não só vírus e bactérias, como também ideias.

Por isso, é muito importante ter um sistema imunológico mental. Se você tem dentro de si, por exemplo, uma certeza muito grande de que você é uma pessoa competente, se alguém tenta plantar uma ideia de que você é chato, ruim e incompetente, ela não vai entrar. O seu sistema imunológico mental vai lhe proteger dessa ideia invasora.

Precisamos de um sistema imunológico mental adequado para que as ideias mais estapafúrdias não entrem
Precisamos de um sistema imunológico mental adequado para que as ideias mais estapafúrdias não entrem
Foto: Natali_Mis / iStock

Se, entretanto, você não tiver um sistema imunológico das ideias bem-estruturado e alguém disser que você é ruim e faz mal o seu trabalho, essas ideias vão proliferar. Você vai perguntar para outras pessoas e vai, inclusive, por falta de autoconfiança, acabar provando que aquilo é verdade, tropeçando nas próprias pernas.

Cada um de nós precisa de um sistema imunológico mental adequado para que as ideias mais estapafúrdias não entrem em nós e nos transformem em zumbis, em robôs de replicação.

A meditação e o sistema imunológico mental

Quando meditamos, nós desativamos aquilo que cria nas ideias, o ímpeto mais afoito e mais ansioso de replicar. Tudo passa a ser analisado com calma, à luz da sabedoria, sem que nós precisamos sair correndo. E muitas dessas ideias ruins, quando são vistas de perto e com parcimônia, se dissolvem na lucidez do entendimento.

Ao meditar, nos tornamos, no nosso outro sistema imunológico, muito mais resistente a ideias negativas, racistas, destrutivas, pequenas, mesquinhas, destruidoras e manipuladoras. A nossa mente, segundo a visão extraordinária desse filósofo Daniel Dennett, tem a capacidade de se defender de ideias negativas que tentam dominá-la, tentam dominar a nossa identidade.

Mas, para isso, meditar é fundamental, para organizarmos o que temos de melhor e que vai nos proteger das barbaridades que flutuam por aí. Assim, focamos firmemente na nossa verdade para acreditarmos no que quisermos, mas sempre com embasamento, clareza e capacidade de analisarmos a cada instante se está certo ou errado; para termos convicções, mas podermos mudar de ideia.

Namastê!

Seja Zen com Sat Seja Zen com Sat
Publicidade