PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Resultado rápido: 7 atividades físicas que realmente emagrecem

O esporte é a "ferramenta" que facilita esse processo de perda de peso

21 abr 2024 - 19h01
(atualizado em 23/4/2024 às 12h47)
Compartilhar
Exibir comentários

Encontrar atividades físicas que realmente emagrecem pode ser a chave para um 2024 no shape. Afinal, a promessa de emagrecer no ano novo é fácil, qualquer um pode fazer. Mas conseguir alcançar esse objetivo de fato não é tão simples assim.

Por isso, com a ajuda do instrutor da academia UPX Sports Rafael Correa e do coordenador do curso de Educação Física da Universidade Positivo, Zair Cândido de Oliveira, separamos sete atividades físicas que realmente emagrecem. Confira:

7 atividades físicas que realmente emagrecem

1. Musculação

É a proposta que envolve o sistema muscular e que conta com uso de diversas cargas, variações de tempo e de movimentos. Embora a frequência e ritmo de treinos dependam da condição de um sujeito, Zair cita que 30 minutos de exercícios diários geram resultados significativos e, também, recomenda a junção de atividades aeróbicas com os treinos anaeróbicos.

"Uma sugestão é dividir a semana, alternando entre atividades aeróbicas e anaeróbicas, o que permite uma variedade, que torna o treino mais dinâmico e eficaz", sugere.

2. Corrida

É uma proposta aeróbica eficaz quando o assunto é queima de calorias. O corpo usa grande quantidade de energia para manter o ritmo e a resistência necessários para o exercício. Assim, resulta no aumento significativo no gasto calórico, que pode chegar até 700 calorias por hora.

3. Caminhada

Apesar de ser de menor intensidade em comparação com a corrida, a caminhada pode queimar até 550 calorias por hora, o que ainda depende da velocidade, inclinação do solo, peso e metabolismo de uma pessoa.

4. Dança

O corpo se envolve em movimentos coordenados que demandam energia, força e resistência, combinação que dá em um considerável gasto calórico. A dança também eleva a frequência cardíaca e em uma hora de aula de dança é possível queimar até 600 calorias.

5. Lutas

Os praticantes de boxe, muay thai, judô ou jiu-jitsu realizam uma série de movimentos intensos, que envolvem força, agilidade e resistência. A média de gasto calórico é de acordo com a intensidade, mas pode chegar até 1.000 calorias por hora.

6. Natação

O corpo trabalha intensamente para vencer a resistência da água e envolve quase todos os músculos. "Isso não apenas queima calorias de maneira eficaz, mas também fortalece os músculos, melhora a resistência cardiovascular e ajuda na tonificação corporal", afirma Oliveira Netto. A média de gasto calórico por hora na natação chega a 600 calorias, segundo o especialista.

7. Hidroginástica

Esse exercício aquático oferece excelente equilíbrio entre queima de calorias e baixo impacto nas articulações. Os participantes realizam uma série de movimentos aeróbicos e de força em uma aula, aproveitam a resistência natural da água para trabalhar todos os principais grupos musculares e o gasto calórico pode atingir até 500 calorias por hora.

7 dicas para treinar em casa durante o outono 7 dicas para treinar em casa durante o outono

Não fique "refém" do aeróbico na esteira

"Entre os exercícios que mais auxiliam na perda de peso estão a corrida, lutas, natação, musculação, aulas funcionais e até mesmo atividades como pular corda, burpee e polichinelo", garante Rafael.

Ainda assim, Correa cita que existem alternativas eficazes para quem quer evitar o impacto, como natação, spinning, aulas de dança e ciclismo. "O importante é escolher atividades que estejam alinhadas com as capacidades e necessidades individuais", finaliza.

Sport Life
Compartilhar
Publicidade
Publicidade