0

Astrologia: por que se fala tanto em Mercúrio retrógrado?

Mercúrio se origina na mitologia grega, onde era chamado de Hermes e possuía uma importância especial

18 jun 2020
09h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Muita gente não entende porque se fala tanto em Mercúrio retrógrado, quando ele começa esse movimento e não se fala quase nada sobre Vênus, Marte ou outro planeta quando entra em retrogradação.

Astrologia: por que se fala tanto em Mercúrio retrógrado?
Astrologia: por que se fala tanto em Mercúrio retrógrado?
Foto: Todateen

Mercúrio é o regente natural de Gêmeos e Virgem, traz em si o arquétipo da leveza, da rapidez, da inteligência e das brincadeiras, na maioria das vezes, de mal gosto.

Mercúrio se origina na mitologia grega, onde era chamado de Hermes e possuía uma importância especial, pois era filho de Júpiter, ou Zeus, o deus mais importante de todos. Por isso, ele era gestor da riqueza, que naquela época era representada pelo número de gados que se possuía.

Mercúrio tem a ver com movimento, portanto, com o tráfego, com o comércio e com pessoas menos abastadas, que roubavam dos ricos. Inteligente, perspicaz e hábil, quase um gênio para sua época, inventou a lira dos poetas. Só quando se torna adulto, recebe o caduceu, que se transforma em sua marca. Mercúrio era irmão de Apolo, era brincalhão e vivia aprontando, como uma criança. Gostava de esconder as ovelhas de seu irmão, amarrando ramos de ervas no rabo dos animais para apagar as marcas do caminho. Sempre foi muito ocupado, com muitas e variadas atividades, pois tinha muitos talentos. Possuía ainda, um capacete que o tornava invisível, o que lhe permitia brincar e aprontar ainda mais. Mercúrio foi um deus de relevância no Olimpo, muito mais que outros deuses, sem falar em Zeus, Hades e Saturno.

Na astrologia, Mercúrio rege o signo de Gêmeos e, enquanto o verdadeiro planeta, regente de Virgem não é descoberto, rege também esse signo - um empréstimo temporário.

As características de Mercúrio têm tudo a ver com os geminianos e geminianas, não muito com virginianos e virginianas.

Como Mercúrio tem importância relevante como um deus na mitologia, ele tem grande importância por aqui, e especialmente quando começa seu movimento retrógrado, exatamente por ser rápido, inteligente e gozador. Ele adora brincadeiras e é com elas que se diverte por aqui, no reino dos humanos.

Quando Vênus, Marte, Saturno e outros planetas ficam retrógrados, eles trazem atrasos em questões que têm a ver com suas simbologias e a vida fica mais lenta. Mas quando Mercúrio fica retrógrado, a gente se prepara para sermos enganados, surpreendidos com imprevistos não muito agradáveis, relacionados à tudo o que envolve o movimento e a comunicação e que têm a ver com Mercúrio. Ou seja, é na retrogradação de Mercúrio, que acontece, normalmente, três vezes ao ano e fica retrógrado durante três semanas, que sentimos com mais força, as dificuldades em nosso dia a dia.

É por isso que nós, astrólogos, insistimos tanto em falar sobre Mercúrio retrógrado, pois, todos nós, só conseguimos mudar o que conhecemos e, sabendo de sua retrogradação, podemos evitar muita dor de cabeça. Como começamos a sentir sua influência dias antes e continuamos dias depois, podemos esperar por, ao menos 30 dias de pequenas dificuldades quando em sua retrogradação. São, ao menos, três meses no ano, que passamos por ele e sempre vale a pena chamar a atenção para tudo o que ele pode causar.

Mercúrio é um grande gozador, que se diverte com a raiva que sentimos quando um celular voa de nossas mãos, quando o vírus consegue entrar no computador, justamente quando mais precisamos dele ou quando o arquivo se perde, depois de semanas de trabalho. Sabendo de Mercúrio, não deixamos o celular sem capa, observamos se o antivírus não está vencido e fazemos um backup do novo projeto que estamos envolvido. É assim que a gente se previne das mazelas do nosso querido e eterno adolescente, Mercúrio. E é por isso que falamos tanto dele.

Neste dia 18/06, ele começa outra temporada de divertimentos com nossa surpresa e raiva. Boa sorte para todos nós.
 

Veja também:

De andador, veterano de guerra de 99 anos arrecada milhões para saúde pública britânica
Fonte: Eunice Ferrari
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade