PUBLICIDADE

Mulher morre fritando ovo: os riscos de misturar água com óleo quente

Elisângela Oliveira de Jesus, de 33 anos, sofreu queimaduras enquanto fritava um ovo e morreu após 10 dias internada

27 fev 2024 - 12h14
(atualizado às 12h23)
Compartilhar
Exibir comentários
Misturar água com óleo quente é perigoso e pode provocar queimaduras graves
Misturar água com óleo quente é perigoso e pode provocar queimaduras graves
Foto: Reprodução/Globo

O caso de Elisângela Oliveira de Jesus, de 33 anos, que morreu após ficar internada com queimaduras pelo corpo que sofreu enquanto fritava um ovo, no interior de São Paulo, acendeu um alerta sobre os riscos de acidente doméstico na cozinha.

A explosão causada pela mistura de óleo e água quente é um dos grandes perigos da cozinha. Só o óleo quente sem mistura, muito aquecido, já pode levantar fogo, com a água então, os riscos da chama subir e atingir o rosto são ainda maiores. 

"A água por ser mais densa, ela vai por baixo da panela, ela vaporiza, então as gotas de água começam a estourar e esse estouro da água que faz essa projeção de óleo quente, ali a gente já tem um incêndio", disse um profissional de segurança, chamado Felipe, durante participação no "Encontro", da Globo, desta terça-feira (27).

Se a pessoa tiver sofrido alguma queimadura, a orientação é colocar a parte queimada numa água fria corrente onde o jato não seja muito forte e  procurar um médico urgente. Não deve aplicar de forma alguma "receitas caseiras" como paste de dente ou manteiga, que podem aumentar a gravidade da queimadura.

A gordura quente é um fator de risco de acidentes na cozinha. Segundo uma orientação publicada em um texto da Fiocruz, se a gordura pegar fogo, jamais deve-se jogar água nela. 

"Tente apagar o fogo por abafamento, usando, por exemplo, uma tampa de panela". 

Entenda o caso da mulher que morreu

Elisângela Oliveira de Jesus, de 33 anos, morreu após sofrer queimaduras
Elisângela Oliveira de Jesus, de 33 anos, morreu após sofrer queimaduras
Foto: Reprodução/Facebook

Elisângela de Jesus morreu nesta segunda-feira (26) na Santa Casa de Limeira, no interior de São Paulo, depois de sofrer acidente doméstico ao tentar fritar um ovo. Ela ficou dez dias internada e morreu após uma parada cardíaca.

Segundo informações iniciais, ela esquentou o óleo em uma frigideira e colocou o ovo em um copo antes de prepará-lo.  Ela não teria visto que havia água no copo e isso provocou uma grande chama quando ela colocou o ovo na frigideira quente. As labaredas atingiram Elisângela e suas roupas, ela foi socorridas pelo marido e levada para o hospital.

Ela deixa uma velha de 1 ano e 8 meses.

Veja mais dicas para evitar acidentes com queimaduras ou incêndio:

1- Cozinhe, de preferência, nas bocas de trás do fogão. 

2- Não deixe as crianças se aproximarem do fogão quando estiver aceso e evite toalhas compridas na mesa, que dê a possibilidade delas puxarem e derramarem algum alimento ou líquido quente.

3- Mantenha os cabos das panelas sempre virados para dentro do fogão.

4- Não guarde alimentos em prateleiras ou armários sobre o fogão.

5- Verifique periodicamente a válvula de sua panela de pressão para ver se ela não está entupida, pois esta é a causa da grande maioria das explosões deste tipo de panela.

6- O gás de cozinha é altamente inflamável. Por isso, verifique sempre se não há vazamentos e, em caso de desconfiança, jamais utilize fósforos para verificação, pois há risco de explosões.

20 doenças tropicais devastadoras e negligenciadas de acordo com a OMS 20 doenças tropicais devastadoras e negligenciadas de acordo com a OMS

Fonte: Redação Terra Você
Compartilhar
Publicidade
Publicidade