PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Como se livrar das inseguranças nos relacionamentos

A insegurança, muitas vezes, vem acompanhada de medos irracionais e histórias fictícias, que podem prejudicar a convivência saudável

26 out 2023 - 10h07
Compartilhar
Exibir comentários
se livrar das inseguranças
se livrar das inseguranças
Foto: Pexels / Personare

Em qualquer tipo de relacionamento, seja um breve encontro, um namoro, um casamento ou uma amizade, as inseguranças podem surgir e, às vezes, tornar-se crônicas, desencadeando um turbilhão de emoções instáveis e aprisionando a mente. Por isso, é importante se livrar das inseguranças nos relacionamentos.

Afinal, a insegurança, muitas vezes, vem acompanhada de medos irracionais, histórias fictícias que construímos em nossas mentes e nas quais começamos a acreditar. Além de ciúmes, carência e uma necessidade crescente de aprovação. 

Esses sentimentos podem prejudicar a convivência e a troca saudável.

Aqui estão exemplos práticos que demonstram essas inseguranças:

  • Sentir a necessidade constante de se comunicar com a outra pessoa.
  • Pensar na pessoa o tempo todo e reorganizar sua vida para estar sempre com ela.
  • Ter pensamentos frequentes de que a outra pessoa está se distanciando ou não gosta mais tanto de você, levando a uma necessidade de se explicar constantemente.
  • Sentir a necessidade de estar sempre na presença dessa pessoa.
  • Abandonar amigos e interesses pessoais em prol desse relacionamento.
  • Criar cenários imaginários de traição ou interesse em outras pessoas.
  • Perder a autenticidade e se policiar constantemente para obter aprovação.

8 dicas para se livrar das inseguranças nos relacionamentos

A seguir, listo 8 estratégias que podem ser um autotratamento para se livrar das inseguranças nos relacionamentos.

A sugestão é que você organize na sua agenda quando vai começar cada uma delas, para realmente colocar em prática e não perder esta oportunidade de melhorar sua vida, aumentar seu amor-próprio e, consequentemente, melhorar a sua relação.

1. Busque momentos de qualidade sozinha

Lembre-se de tudo que fazia antes desta pessoa aparecer. Então, vivencie estes momentos de novo. Assim, vá, aos poucos, resgatando o prazer que você sentia.

2. Crie prazeres seus

Além dos prazeres que existiam no passado, tente inserir na sua vida alguns hobbies e atividades novos que não envolvam a presença da outra pessoa. Pode ser, por exemplo, algum esporte, participação em um grupo ou simplesmente um hábito novo.

3. Controle seus pensamentos

Policie os seus pensamentos, cancelando-os cada vez que começar a pensar nesta pessoa "do nada", seja durante o dia, no trabalho ou em qualquer momento inadequado. 

Para isso, compartilho uma técnica que aprendi com a neurocientista Elaine Ourives e que consiste em dizer para o seu próprio pensamento negativo, obsessivo ou inconveniente: 

"Cancela, cancela, cancela" a cada vez que me pegar pensando em algo que não quero pensar.

4. Identifique suas fontes de insegurança

Pegue uma folha e numere todas as possibilidades que podem lhe gerar inseguranças. Por exemplo: rejeição na infância, relacionamentos passados tóxicos com os respectivos gatilhos, medo de ser abandonada, exclusão, sentir-se diminuída ou incapaz, traição, etc.

Então, pegue cada uma destas citações e tente ressignificar cada uma. Converse consigo mesma como se fosse uma amiga te aconselhando e te motivando a compreender que aquilo não é real e apontando seu valor.

5. Evite comparações

Evite se comparar com a pessoa parceira ou outras. Você tem seus talentos e valores, assim como cada um tem os seus. Então, faça um exercício de numerar e pontuar seus valores, seus talentos, seus potenciais. Faça seu marketing pessoal, se defina. Ao escrever, você vai reforçá-los para si e para o universo.

6. Socialize mais com amigos

Comece a bater mais papo com amigos e amigas, tire mais tempo para se relacionar com outras pessoas, vá a outros lugares —, claro, sempre com respeito ao seu par. Este movimento é só para quebrar a dependência e exclusividade ao seu par, que sufoca ambos.

7. Fortaleça sua espiritualidade

Busque aumentar sua fé, sua conexão com seu Eu superior ou como quiser chamar, reforce sua espiritualidade. Tire momentos no seu dia, todos os dias, para realizar pelo menos uma prática de elevação da consciência e evolução. 

Pode ser meditação, afirmações positivas, orações, mantras, autoaplicação de reiki, uma massagem ou yoni egg terapia (entenda aqui)

Tudo isso reforça seu amor-próprio e lhe trará uma sensação de amparo, favorecendo uma busca menos doentia pelo par.

8. Faça reconsagração do ventre

A reconsagração do ventre (entenda melhor aqui) é uma vivência terapêutica de 2 horas que ajuda a limpar os seus registros comportamentais, traumas, medos, etc. Assim, você pode abrir espaço para novas oportunidades e para a vida fluir.

A chave para superar a insegurança em relacionamentos está em reconectar consigo mesmo, construir uma autoimagem saudável e cultivar a independência emocional.

O post Como se livrar das inseguranças nos relacionamentos apareceu primeiro em Personare.

Roberta Struzani (fisioterapia.roberta@gmail.com)

- Terapeuta especializada em sexualidade e saúde ginecológica. Realiza atendimentos presenciais e online focados no autoconhecimento, na elevação da autoestima e na saúde do aparelho reprodutor feminino. Sua principal ferramenta de trabalho é o Pompoarismo.

Personare
Compartilhar
Publicidade
Publicidade