PUBLICIDADE

Sai El Niño e entra La Niña; veja o que a mudança pode fazer com nosso clima

Previsão é de aumento de chuvas no Norte e no Nordeste e tempo mais seco no Sul do País

13 jun 2024 - 16h19
(atualizado às 18h56)
Compartilhar
Exibir comentários

Relacionado a eventos climáticos extremos como as enchentes que atingiram o Rio Grande do Sul, o fenômeno El Niño está chegando ao fim no Brasil. Boletim divulgado nesta quarta-feira, 12, pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), informa que as condições de temperatura na superfície do Oceano Pacífico estão voltando à média climatológica, após um ano de elevação. O boletim prevê também a chegada do La Niña no segundo semestre.

O El Niño se caracteriza pelo aquecimento igual ou maior que 0,5 grau nas águas do oceano. Segundo o Inmet, há 69% de probabilidade de ocorrer o fenômeno La Niña no Brasil, a partir do segundo semestre.

'Secretários de calor' e pedágio: o que 7 cidades fazem para sobreviver às mudanças climáticas

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade