0

Sem Neymar, PSG bate Galatasaray e mantém 100% na Liga dos Campeões

Argentino Icardi fez o gol da vitória por 1 a 0, fora de casa, pelo Grupo A

1 out 2019
19h17
atualizado às 19h28
  • separator
  • 0
  • comentários

Sem Neymar e com Mbappé no banco de reservas até os 15 minutos do segundo tempo, o Paris Saint-Germain deu um importante passo para conquistar uma vaga na fase de grupos da Liga dos Campeões ao derrotar o Galatasaray, em Istambul, por 1 a 0, nesta terça-feira, em jogo válido pela segunda rodada do Grupo A. Com duas vitórias, o PSG disparou na liderança da chave, com seis pontos, contra dois do Brugge e um de Galatasaray e Real Madrid, respectivos terceiro e quarto colocados.

No próximo dia 22, pela terceira rodada desta chave, o belga Brugge recebe o PSG, que deverá contar com Neymar, após o brasileiro ter cumprido nesta terça o seu último jogo de suspensão aplicada pela Uefa. No mesmo dia, o Real Madrid encara o Galatasaray na Turquia.

Apesar da pressão dos 50 mil torcedores turcos e do entusiasmo dos jogadores do Galatasaray, o PSG teve a iniciativa do jogo e pressionou a saída de bola do adversário. O primeiro tempo foi equilibrado e com oportunidades de gols para os dois lados, mas as equipes não conseguir abrir o placar.

Aos sete minutos da etapa final, em rápida troca de passes, Icardi surgiu livre para fazer o único gol do jogo. Empurrado pelos seus torcedores, o Galatasaray foi em busca do empate e esteve na iminência de conseguir o objetivo em pelo menos duas oportunidades, mas não teve competência para conquistar a igualdade.

Horas mais cedo, na abertura desta segunda rodada do Grupo A, Brugge e Real Madrid empataram por 2 a 2 na capital espanhola. E, com o novo triunfo do PSG, que na estreia havia batido a equipe comandada por Zidane por 3 a 0 na capital francesa, o clube belga acabou ficando isolado na vice-liderança da chave.

CITY TAMBÉM SEGUE 100%

No Grupo D da Liga dos Campeões, o Manchester City assumiu a liderança isolada, com seis pontos, ao derrotar, em casa, o Dínamo Zagreb por 2 a 0, com gols de Sterling e Foden, ambos no segundo tempo. Na estreia na competição, a equipe inglesa havia batido o Shakhtar Donetsk, na Ucrânia, por 3 a 0.

O time do técnico Pep Guardiola começou desconcentrado e sem inspiração. Os 15 primeiros minutos foram muito ruins, mas depois a equipe ganhou ritmo e poderia ter feito gols com Bernardo Silva e Agüero. Gündogan, por sua vez, mandou uma bomba no travessão de Livakovic, goleiro do clube croata.

No segundo tempo, o Dínamo Zagreb manteve sua retranca, mas um belo gol de Sterling, após participação de vários jogadores do setor ofensivo, deu a tranquilidade que o City precisava para garantir mais três pontos.

Sem correr grandes riscos, o time inglês conseguiu o segundo gol nos acréscimos do tempo normal, aos 47 minutos, após contra-ataque iniciado por Gabriel Jesus, que entrou no lugar de Agüero três minutos antes. Após ser acionado pelo atacante brasileiro, Sterling disparou com a bola até a área adversária e rolou para Foden fechar o placar.

Horas mais cedo, a segunda rodada desta chave foi aberta com o Shakhtar superando a Atalanta por 2 a 1, na Itália, em resultado que lhe garantiu a vice-liderança deste Grupo B, com três pontos. Dono da mesma pontuação, a equipe italiana está em terceiro lugar pelos critérios de desempate. O clube de Bérgamo, ainda sem pontuar, segura a lanterna da chave.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade